Home Cérebro e mente No pior, no suicidio coletivo, seguimos de perto a Alemanha