Home América Latina Colombia um pais de novo na guerra imposta pela Direita

Colombia um pais de novo na guerra imposta pela Direita

por Antonio Sousa

Hoje de manhã na Colombia houve um debate no Senado sobre a situação de risco dos povos indígenas nessa nação que veio dar razão aos dissidentes das FARC que anunciaram um reiniciar da guerra 

A Organização Nacional Indígena da Colombia, ONIC, denunciou hoje que 167 lideres indígenask deste pais tenham sido assassinados desde que se assinou o Acordo de Paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colombia – Exército do Povo, FARC-EP, Havana, Cuba.

A ONIC precisou que desde o Governo de Iván Duque, tomou posse com pouco mais  de um ano se viu que os líderes dos povos  originarios que foram assassinados ja somam  os 102.  

É por esta razão que para o Conselheiro principal da ONIC, Luis Fernando Arias, os números confirmam que no  país sul americano há um  genocidio em marcha. 

E assim “O governo  de Duque não pode passar à historia como o  que recebeu  o país com um Acordo  de Paz e entregar um país de novo envolvido  na guerra, na confrontação e no sangue como vimos  nos últimos días no Norte de  Cauca, Bajo Antioqueño e outras regiões”, asseverou Arias  num video difundido pela ONIC. 

Mas parece que sim que vai passar …

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.