Home Direitos e Deveres O rabo fora da seringa num escândalo que não para de crescer… Ihor!

O rabo fora da seringa num escândalo que não para de crescer… Ihor!

por Antonio Sousa

E assim o médico e o enfermeiro chegaram ao pé do IHor e como a policia já lá estava e segundo o bastonário da (des)ordem limitaram a verificar  a morte e a policia que trate do resto e na verificação diz-se secamente “morreu”, c’est fini pour lui! 

Será?

E se sim então a responsabilidade do silencio alarga-se ( acha o bastonário) à policia judiciária! 

Estão pois envolvidos funcionários dos SEF, seguranças privados do aeroporto, médico, enfermeiro, e possivelmente motorista do INEM e agora mais a PJ ! ( é de estranhar claro que a PJ nao tenha comunicado com a (des)ordem dos médicos e que esta se silencie perante os silêncios existentes na tal verificação de óbito! 

E cinco dias, a 17 de março, já depois de realizada a autópsia ( de 14 de março) o coordenador do SEF desvaloriza em relatório a morte de Ihor e hoje em dezembro demite-se! 

E a culpa é do ministro !? Não!

A culpa de nomes e o nome do ministro está em ultima instância de responsabilidade mas, claro, está!

Mas em qualquer processo de liderança não se infantiliza, isto é não se desresponsabiliza “os do terreno”, como se crianças fossem, porque não o são! E o líder, se enganado, deixa de ser responsável dos atos envolvidos, devendo agir sobre quem organizou o ato e o seu encobrimento!

E na verdade o cidadão Ihor, visivelmente ( segundo os video mostrados nas tv’s) não estava bem, nem física, nem emocionalmente, pelo que se estranha seriamente que depois uma prolongada ( para imigrante) no hospital regressa ao aeroporto sem qualquer apoio sanitário para depois ser espancado até à morte mas sem antes se visionar, peripécias mais que brutais e estranhas,  como amarrar um cidadão etc!

E a culpa é do ministro? 

Nào! A culpa é dos que, assistindo ( participando ou não) nada fizeram para impedir que se chegasse ao brutal crime e depois, os que procuraram esconder a violência exercida sobre Ihor depois da morte. Tal, afeta todos os envolvidos na segurança dos privados aos policias envolvidos ( SEF e talvez também a PJ) 

E cada vez mais surge no ar a questão – o que está por detrás desta sanha anti Ihor? 

Cherchez …, pas la femme mais la cause! 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.