Home Opinião Despedimento coletivo em empresa de cruzeiros do Douro

Despedimento coletivo em empresa de cruzeiros do Douro

por Joffre Justino

O sindicato acusa a Douro Scenic – Luxury Cruises & Tours Australia de despedir “por sms, telefone ou email”. Em causa estão 160 trabalhadores.

Segundo a Federação  dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações, Fectrans, está hoje “em marcha” um despedimento coletivo na empresa de cruzeiros do Douro Scenic – Luxury Cruises & Tours Australia, representada pela empresa Waratah,Unipessoal, Lda.

À Lusa, a Fectrans informou que esta empresa opera no rio Douro com dois navios, o Scenic Azure e o Emerald Radiance, com um total de 160 trabalhadores.

E “à patrão português “ a administração “esquece-se” que mesmo em estado de emergência nacional, tem de respeitar a lei e está a tratar este assunto por sms, telefone ou ‘email’, denuncia o comunicado.

O Sindicato dos Trabalhadores da Marinha Mercante, Agências de Viagens, Transitários e Pesca (SIMAMEVIP), filiada na Fectrans, está a intervir na defesa dos trabalhadores confrontados com o despedimento coletivo, porque quando “as dificuldades aparecem os trabalhadores são, quase sempre, carne para canhão”, pelo que “importa é garantir os interesses patronais”, refere o comunicado.

A Fectrans adianta ainda que perante a pandemia de covid-19, a preocupação imediata é “a defesa da saúde de cada trabalhador”, necessária para o normal funcionamento das empresas, embora a mobilização sindical se tenha que manter, na “defesa dos direitos sociais e laborais de quem trabalha” ainda  que não estejam “criadas as condições para a “discussão, esclarecimento para a luta” que fora proposta para o dia 15 de abril, pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário, ficando a mesma suspensa. 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.