Home Opinião Nós infelizmente não pudemos estar …

Nós infelizmente não pudemos estar …

por Editor

Mas um amigo, o João Batista pôde e enviou-nos este texto e ele merece que o Estrategizando o promova por Salgueiro Maia! 

Estive na Festa Pá!

Não faltei à Festa do 1º Aniversário da Associação Salgueiro Maia na companhia do meu Amigo de Ideais Artur no passado dia 19 no restaurante A Valenciana em Campolide.

O cheiro a Alecrim esteve lá e os Ideais também.

Mais uma vez a companheira e mulher de Salgueiro Maia esteve connosco.

Foi relatado as acções desenvolvidas pela direcção em várias áreas em especial a situação/reactivação do Hospital Militar alargada a civis que terá o nome do Salgueiro Maia.

Quero aqui agradecer a todos aquele(a)s que me retribuiram umas palavras,letras e ao ouvido a sua impossibilidade de estarem presentes pelo convite que lhe endereçei.

Aos outro(a)s provávelmente o não responderem, entendo que seja facto de me considerarem um emissor profano face á gradualidade existente, porém não desisti de numa próxima oportunidade tudo fazer para que o convite seja classificado o bastante, porque a suas presenças considero-as valiosas..

A Demanda da ASM é e só pode ser exigente com todos e aqui o Acordar da Juventude para a Cidadania é quanto a mim a prioridade, porque parecem que levam á letra o poema;

‘Triste de quem vive em casa,

Contente com o seu lar,

Sem que um sonho, no erguer de asa,

Faça até mais rubra a brasa

Da lareira a abandonar!

E possamos fazê-los aprender outro poema como o:

É possível falar sem um nó na garganta

é possível amar sem que venham proibir

é possível correr sem que seja para fugir.

Se tens vontade de cantar não tenhas medo: canta.

É possível andar sem ser a olhar para o chão

é possível viver sem que seja de rastos.

Os teus olhos nasceram para olhar os astros

se te apetece dizer não grita comigo: não.

É possível viver de outro modo.

É possível transformares em arma a tua mão.

É possível o amor. É possível o pão.

É possível viver de pé.

Não te deixes murchar. Não deixes que te domem.

É possível viver sem fingir que se vive.

É possível ser homem.

É possível ser livre livre livre.

Depois.., Quem Quiser Vir Vem, quem não quiser fica!

Abraço fraterno a todos, Estamos Juntos…

*fotos do Companheiro Ley Garcia.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.