Home BREXIT A crise que na Europa se afasta do centro do poder

A crise que na Europa se afasta do centro do poder

por Joffre Justino

Cabe à paciência do “esquerdista” Corbyn ( lembram-se de assim o chamarem?) esta sequência de derrotas dos Brexitianos ( e não somente de Boris Johnson) e ao que parece a abertura de janelas de oportunidade que podem solucionar o Brexit mais pacatamente com ou sem saída da UE 

Note-se que de certa forma essas janelas de oportunidade até fecham outras mais do nosso agrado emocional como o rebentar com o Reino Unido para gerar uma Republica Unida ( ou varias) só que os custos sociais seriam ( ou serão) demasiado elevados para os mais pobres e marginalizados e não somos da linha do quanto pior melhor.

Essa esteve na base do nazi fascismo 

A crise política causada pelos medos que o  brexit pode gerar forçou esta quarta, 4.09, um novo capítulo com o Parlamento  do Reino Unido a aprovar um projeto que proíbe o país de deixar a União Europeia sem antes ter um acordo com a UE para regular a relação futura entre eles travando a louca via para o desastre o quanto pior melhor.

E em outra derrota para o primeiro-ministro Boris Johnson, os parlamentares votaram contra novas eleições gerais em 15 de outubro, como Boris tanto queria.

Ora estas parlamentares opções foram na verdade também um travão à crise global que os trumpistas tanto desejam ! 

Bem gerido por Corbyn este apoio de toda a oposição ( menos o partido Brexit)  e claro dos surgidos rebeldes do Partido Conservador, a medida que proibiu a saída sem um acordo foi aprovada com 329 votos a favor e 300 contrários e a que travou a ideia das eleições antecipadas teve 56 votos a favor e 298 contra.

Com a Itália a ter um governo 5 Estrelas / Democrático, com o Reino Unido a aproximar-se de bem mais pacatas soluções para Brexit, falta a Espanhas ter juízo e o PSOE acordar com o Podemos ( que necessita também de um pouco de juízo) e a crise afasta-se do centro do Poder para a periferia brasileira, talvez também sul africana pois RPChina abriu uma janela de oportunidade também em Hong Kong 

E assim a luta social e política às Esquerdas poderá ser bem mais facilitada, quer no Centro como nas Periferias 

E, ao contrario de Trostky, Mao e Gramsci bateriam palmas …

Joffre Justino 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.