Home América Latina Governo brasileiro quer acabar com férias e 13º mês dos jovens trabalhadores

Governo brasileiro quer acabar com férias e 13º mês dos jovens trabalhadores

por Antonio Sousa

Jair Bolsonaro parece querer afrontar a OIT e os sindicatos ao defender ser de acabar com alguns dos mais importantes direitos trabalhistas como o direito a férias, ou ao 13º salário para os jovens que ingressarem no mercado de trabalho. 

Proposta vinda do “super ministro” da economia,  o neo liberal Paulo Guedes, que de qualquer forma não podem ser suprimidos sem mais, mas esta equipa neo liberal de Bolsonaro pretende que as empresas forcem os próprios trabalhadores jovens a fazerem a opção, abrindo mão de todos eles, ficando, assim, de fora da brasileira Consolidação das Leis do Trabalho, CLT.

Mais ainda, o governo de extrema-direita pretende liquidar também a Justiça do Trabalho, pondo os jovens a serem obrigados a recorrer à Justiça comum. 

Segundo um membro do governo ouvido pelo jornal O Globo“a Justiça Trabalhista tenderia a se tornar obsoleta com o tempo” com os bolsonaristas a inspirarem-se no que foi feito durante a ditadura militar.

A nova proposta vai constar no projeto de lei complementar que o Executivo enviará ao Congresso Nacional e que vai definir os detalhes do regime de capitalização da Previdência Social, modelo em que o trabalhador abre uma conta individual e faz uma espécie de poupança para ele mesmo contribuir para a sua aposentadoria – com isso, a ideia da solidariedade que estrutura a atual Previdência, na qual a geração atual de trabalhadores contribui para que os aposentados recebam, deixará de existir.

Segundo a documentação desta reforma da Previdência, o regime de capitalização será obrigatório, e os trabalhadores serão obrigados a encaminhar seus recursos para os bancos ou conglomerados financeiros sendo a maior transferência de renda da história do país – do setor público para os bancos.

Foto de destaque: Valter Campanato/ Agência Brasil / Fotos Públicas

António Sousa (com Agências)

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.