Home Covid-19 “Situação de rutura.”, eis para que serviu o Natal…(o Covid-19 não se dá bem com estes espiritualismos mercantilistas”)

“Situação de rutura.”, eis para que serviu o Natal…(o Covid-19 não se dá bem com estes espiritualismos mercantilistas”)

por Joffre Justino

E há quem vote em MRSousa!

Os Médicos intensivistas sugerem um novo confinamento generalizado para se evitar uma  “catástrofe”, com o Presidente da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos João Gouveia  a dizer que os hospitais já vivem “situação de rutura”.

“Rutura já existe a partir do momento em que temos de parar a atividade normal para dar resposta a outro tipo de atividade. Neste momento, falta-nos resposta para evitar uma situação de catástrofe”, acentua João Gouveia.

O responsável, que coordena a resposta à Covid-19 em medicina intensiva, defende que o confinamento geral é essencial. “Tem de haver um distanciamento físico efetivo com redução na transmissão e isso obriga ao encerramento de estabelecimentos, teletrabalho obrigatório, redução da mobilidade ao mínimo.”

O Centro Hospitalar e Universitário do Algarve acionou a fase 4 de contingência e a abertura de uma centena de camas no hospital de campanha, que será instalado na Arena de Portimão sendo um reforço da capacidade hospitalar para responder ao número crescente de novos casos que exigem internamento.

O objetivo é “ganhar algum tempo, aumentando toda a capacidade disponível em termos de assistência aos doentes, seja em enfermaria, seja de medicina intensiva, mas é preciso atuar a montante e conseguir controlar a situação em termos de transmissão para que não haja este número de doentes”, explica Jão Gouveia.

O presidente da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos prevê que se abram mais hospitais de campanha no Algarve e noutras regiões do país. “É natural que ao manter-se o número elevado de novos casos, haja um esgotamento de recursos”, afirma.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.