Home Brasil Ata da sessão de iniciação Prof∴ D. Pedro de Alcántara, Principe Regente e Perpétuo Defensor do Brasil

Ata da sessão de iniciação Prof∴ D. Pedro de Alcántara, Principe Regente e Perpétuo Defensor do Brasil

por Joffre Justino

De informação credível recebemos  este mimo histórico que releva a divergência na imperial lusa corte entre absolutistas / miguelistas e Liberais / de Pedro que foi IV em Portugal e I no Brasil 

Tivesse este cidadão Pedro mantido a lógica imperial e provavelmente teríamos outra lógica institucional no espaço de predomínio da Lingua Portuguesa pois como vemos a corte no Brasil começava a querer rever-se na raiz da elite India Brasileira o que simboliza um futuro não acontecido de maior respeito à Diversidade que o também maçon e mulato Marquês de Pombal pré anunciava com um findar ainda limitado da Escravatura ! 

À Gl do Gr Arch do Univ

9ª SESSÃO – ASSEMBL GER

Aos 13 dias do 5º mez do anno da Verd∴ L∴ 5822 (2 de Agosto de 1822, E∴ V∴) [1], reunida extraor­dinariamente a Assembléa do Povo Maçonico Brasileiro, ao Or∴ do Rio de Janeiro, e abertos os trabalhos no gr∴ de apr∴ maç∴, presididos pelo Gr∴ Mestr∴, tendo ao seu lado o 1º Gr∴ Vig∴, para o coadjuvar na ausencia e impedimento do Gr∴Deleg∴, e com assis­tência dos GGr∴ DDignatarios, se deu a elles princi­pio, no fórma do costume, e progrediram da maneira seguinte :

Participou o Ir∴ Gr∴ Cobr∴ que na sala dos passos perdidos se achavam os Ilr∴ Andreas Scheffer, ros∴ cr∴, Felippe Nery Ferreira, mestr∴, membro do Governo de Pernambuco, Lucas José Obes, mestr∴, Procurador da Provincia Cisplatina, e Le Bretón, mestr∴, que pediam entrada no Templo, na qualidade de visi­tantes ao que, annuindo a Assembléa, se lhes franqueou o ingresso e foram recebidos com as formalidades do costume.

Propoz o Ven∴ Gr∴ Mestr∴ para ser iniciado em nossos AAug∴ Mysterios o Prof∴ D. Pedro de Alcántara, Principe Regente e Perpétuo Defensor do Brasil. Acceita a proposta, com unanime applauso, foi approvada por acclamação geral.

E logo na mesma sessão, participando o Ir∴ Gr∴ Cobr∴ que o Prof∴ approvado entrára para a casa do Deposito, procedeu-se á sua iniciação, na forma regular prescripta pela Liturgia, e, depois de prestar o Jura­mento da nossa Sublime Ordem, obteve a Luz e adoptou o nome de Guatimozim 

Então a Assembléa agradeceu aos Ilr∴ visitantes a parte que quizeram tomar em nossos trabalhos.

Reconheceu entre columnas o Neophyto e applaudiu a sua iniciação.

O Gr∴ Orad∴ apresentou por esta occasião urna magnifica Peça de Sublime Architectura, que foi com enthusiasmo applaudida.

O Ir∴ Democrito, Gr∴ Mestr∴ de Cerimonias, pedindo a palavra, e transportado do jubilo que translu­zia em toda a Assembléa, consagrou ao Gr∴ Arch∴ do Univ∴ um Hymno, que foi igualmente applaudido.

Assim se ultimaram os trabalhos da présente ses­são, e se encerrou a Gr∴ Loj∴, na fórma do costume.»

Nota de possível origem do nome simbólico acima : Guatimozín – um dos nomes dados por cronistas espanhóis ao último imperador asteca

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.