Home Globalização Entregar a Guiné Bissau à francofonia?