Home Política O comício no Porto de João Ferreira pode ser “tomado como exemplo” para transportes ou centros comerciais

O comício no Porto de João Ferreira pode ser “tomado como exemplo” para transportes ou centros comerciais

por Joffre Justino

O candidato João Ferreira defendeu à TSF que o comício deste domingo, no Porto, foi um exemplo para outras iniciativas em que seja necessário juntar um maior número de pessoas mas garante que iniciativas de campanha como a que este domingo decorreu no Coliseu do Porto e que levou à concentração de um maior número de pessoas, não se deverão repetir. 

O comício do Porto foi uma lição de organização, diz João Ferreira, o que, na opinião do candidato, contrasta com o que se passa nos transportes públicos e nas grandes superfícies comerciais. “Foi até uma lição de organização, no sentido em que mostrou o que não se vê em concentrações de pessoas que, diariamente, acontecem, seja nos transportes públicos, seja nas grandes superfícies comerciais. Não encontrará o rigor na organização que foi posto naquela iniciativa de ontem”, afirma.

O candidato à presidência da República garante que, olhando para o que ontem se passou no Porto, não é a imagem de um comício tradicional em campanha política. 

“Tanto durante o decurso do comício, como nos movimentos prévios e posteriores, houve um cuidado, uma organização e um rigor, que não encontra nas filas dos transportes públicos ou nos centros comerciais, onde aquele rigor e aquele tipo de medidas ainda não são universalmente implementadas, e era importante que fossem”, acrescenta.

Pars João Ferreira foram garantidas no maximo rigor as medidas de distanciamento e de defesa e proteção da saúde  e o comício pode até ser “um exemplo para aquilo que é necessário implementar-se em todos os locais deste país em que seja necessário, pela frequência das pessoas que têm, assegurarem medidas de distanciamento daquele tipo”.

Como a sala do Coliseu do Porto tem capacidade para 3 mil pessoas so estiveram cerca de mil, um terço da sala. 

Ainda assim, para João Ferreira  é uma situação, que dificilmente se vai repetir. “Não é possível diariamente organizar iniciativas com aquela dimensão. Embora tenha aquela dimensão impressiva, foi uma iniciativa rigorosamente organizada para manter as medidas de distanciamento físico e outras medidas de defesa e proteção de saúde”, disse à TSF.

.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.