Home Direitos e Deveres CDS e o PSD falsificam assinaturas!

CDS e o PSD falsificam assinaturas!

por Joffre Justino

Os líderes parlamentares PSD por horas que sejam, deveriam demitir-se ! Os media? O quase silencio !

Imaginem o que estariam a dizer os media do poder se tivessem sido deputados do PS, do PCP, do BE, dos Verdes a falsificarem assinaturas, fosse qual fosse o argumento e fosse qual fosse a razão? 

Mas como quem está envolvido sao os dois partidos da Direita, PSD e CDS então vá de noticiar quase por desfastio e ja com o Tribunal ( imaginem um Tribunal seja qual for a dizer algo como … vá lá emendem lá “a gaffe…!) a segurar estes dois partidos das Direitas! 

Gaffe? Só gaffe ou escandaloso abuso ?

Assim e perante este abuso direitista sem vergonha,  na realidade o PS vai enviar ao Ministério Público e aos serviços jurídicos da Assembleia da República cópias das várias notícias que dão conta de assinaturas fantasma no pedido de fiscalização sucessiva ao Tribunal Constitucional (TC), entregue por PSD e CDS, por causa da mudança de regras na Casa do Douro disse Carlos César.

O líder parlamentar do PS, vem na sequência de uma notícia avançada esta segunda-feira, que punha a nu que nu ia o rei e de que vários deputados do PSD deram conta de que as suas assinaturas estavam presentes num documento sem que os próprios o tivessem autorizado.

Para o dirigente socialista Carlos César  a “falsificação dos subscritores” deste pedido de fiscalização pode, ( nós diríamos deve, não?)  implicar a “rejeição liminar” do mesmo documento por “incumprimento do número mínimo de requerentes e por indiciar a prática de Ilícito criminal” e anuncia  mais comentários sobre o tema para o final da Conferência de Líderes sobre o caso Tancos, marcada para as 11h30 desta quarta-feira.

Apontemos o dedo, a iniciativa foi do CDS que está contra a lei aprovada pelo PS, PCP e Bloco de Esquerda que altera os estatutos da Casa do Douro que fora privatizada em 2014 pelos CDS e PSD e repõe o estatuto de associação pública de inscrição obrigatória. 

Para o PSD e o CDS a lei viola o preceito de liberdade associativa que está consagrado na Constituição e assim os centristas decidiram avançar com um pedido de fiscalização sucessiva para o Tribunal Constitucional.

Como o CDS só tem 18 deputados, faltando-lhe cinco para chegar às 23 assinaturas necessárias para avançar com o pedido pediu ajuda ao PSD e Fernando Negrão não se limitou a arranjar as cinco assinaturas que faltavam. Arranjou mais 20 e, PSD e CDS entregaram um pedido de fiscalização sucessiva no Tribunal Constitucional com 38 assinaturas.

38? 

Não! 

Algumas dessas assinaturas, de deputados sociais-democratas, surgiram no documento sem que os próprios soubessem ou tivessem dado autorização o que aponta para no plano etico e por por poucos dias que seja para uma auto demissao dos leaderes parlamentares do PSD e do CDS 

Mas, claro, nos media … até no pago por todos nós … o rei vai tão nu que quase bloqueiam o obvio debate democrático! 

Joffre Justino 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.