Home África Angola vai doar 10 milhões de dólares para reforçar segurança alimentar em África

Angola vai doar 10 milhões de dólares para reforçar segurança alimentar em África

por LUSA Estrategizando

O Governo de Angola vai doar 10 milhões de dólares para o Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana, que se juntam aos dois milhões de dólares da Guiné Equatorial para reforçar a segurança alimentar e combater a pobreza.

Estas doações somam-se aos 2,6 milhões de dólares (2,3 milhões de euros) disponibilizados pela China e aos dois milhões de euros da França, totalizando 17 milhões de dólares (cerca de 15 milhões de euros), que serão usados para recapitalizar a capacidade financeira deste Fundo, gerido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, na sigla em inglês).

“Estas doações mostram o sucesso do Fundo [ASTF, na sigla em inglês]. Os excelentes resultados nos últimos cinco anos são a prova viva disso e a generosidade dos doadores é um exemplo único da forte solidariedade que existe entre os países africanos”, disse Maria Heleno Semedo, vice-diretora-geral da FAO, no final de uma reunião que decorreu no âmbito dos Encontros Anuais do Banco Africano de Desenvolvimento, que decorrem até sexta-feira em Malabo, capital da Guiné Equatorial.

Este fundo fiduciário, que já financiou 41 projetos em 18 países, é liderado por países africanos, destina-se a “apoiar iniciativas locais de desenvolvimento e tem como principal objetivo o fortalecimento da segurança alimentar em todo o continente, ajudando os países e as suas organizações regionais a erradicar a fome e a desnutrição, eliminar a pobreza rural” e administrar “os recursos naturais de maneira sustentável”, segundo a FAO.

*** A Lusa viajou a convite do Banco Africano de Desenvolvimento ***

MBA // SR

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.