Home África Angola e a dívida a Portugal

Angola e a dívida a Portugal

por Joffre Justino

Em março, o FMI estimou que a dívida de Angola irá chegar aos 90% do PIB no final deste 2019 e acentuou a necessidade de cautela na contração dos financiamentos, antes de aprovar um programa de apoio financeiro no valor de 3,7 mil milhões de dólares, 3,3 mil milhões de euros.

Por isso certamente o Governo de Angola assumiu que vai pagar a totalidade da dívida às empresas portuguesas até ao final deste ano, sendo que  já foral pagos 250 milhões de dólares de um total de cerca de 500 milhões, 447 milhões de euros em dívidas certificadas.

“Apurámos um valor de cerca de 500 milhões de dólares, do qual 50% já está pago, e em breve será feito um pagamento de 40 milhões e, mais importante, o Governo de Angola assumiu com o Fundo Monetário Internacional que este ano vai pagar todas as dívidas que estão formalmente registas nas contas públicas”, disse à Lusa o secretário de Estado da Economia Angolano Sergio dos Santos. 

À Lusa no dia em que participa no Fórum Portugal-SADC, em Carcavelos, Sérgio dos Santos assumiu que “até ao próximo ano há um calendário de pagamento para as dívidas reconhecidas fora dos procedimentos normais de execução do Orçamento do Estado, e provavelmente essas empresas já vão celebrar um clima de negócios diferente no final do ano… É importante que a dívida não cresça e daí a atitude do Governo de não deixar acumular compromissos de pagamento nos contratos novos que estão a ser feitos” no país.

Recordemos que na terça-feira, o ministro das Finanças, Archer Mangueira, disse na Assembleia Nacional Angolana que a dívida pública subiu para 66,7 mil milhões de dólares 59,9 mil milhões de euros o equivalente a 85% do Produto Interno Bruto, como resultado da subida com os preços do petróleo.segundo a Bloomberg, a quem o ministro disse que esta subida da dívida pública nos últimos três anos resulta da descida das receitas fiscais decorrentes da queda do preço do petróleo, o que causou um “brutal desequilíbrio fiscal”.

JJ

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.