Home África Macau de Hoje

Macau de Hoje

por Nardia M

O Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, IPIM, olha para o projeto da Grande Baía como algo permitirá a expansão internacional da indústria de eventos da região, e manterá a especialização desta Região chinesa e lusa neste segmento do Lazer.

No “China Expo Forum for International Cooperation”, que pela primeira vez teve lugar em Macau e fora da China continental, a presidente substituta do IPIM, Irene Va Kuan Lau, defendeu que estavam reunidas as condições para que a indústria de eventos conquiste outros mercados internacionais, como o dos países lusófonos, com o novo projeto de integração regional.

Este projeto da Grande Baía vai criar uma metrópole mundial a partir das regiões administrativas especiais chinesas de Hong Kong, Macau e nove cidades da província chinesa de Guangdong, Cantão, Shenzhen, Zhuhai, Foshan, Huizhou, Dongguan, Zhongshan, Jiangmen e Zhaoqing, com mais de 60 milhões de habitantes.

Irene Va Kuan Lau disse e nós concordamos mesmo estar convicta de que o território vai beneficiar nesta área do seu posicionamento enquanto “centro mundial de turismo e lazer” e “plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa”.

A nova edição deste evento vai realizou-se entre 10 a 12 de janeiro de 2019, na província chinesa de Hainan.

Foto de destaque: LUSA

Nardia M.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.