Home Turismo Organização Mundial do Turismo lança um concurso de ideias de superação da crise Covid-19

Organização Mundial do Turismo lança um concurso de ideias de superação da crise Covid-19

por Joffre Justino

O Setor do turismo é o mais atingidos pelas medidas de combate ao  covid-19  e os turistas internacionais devem diminuir 20% a 30% face a 2019, e as receitas internacionais devem cair para algo entre US$ 300 e 450 bilhões, um terço das receitas de 2019

Mais de 96% de todos os destinos turísticos mundiais estão fechados, segundo a Organização Mundial de Turismo, OMT sendo que 90 dos destinos têm as suas fronteiras fechadas para turistas, e 44 apenas aceitam turistas de alguns bem definidos países.

Esta realidade  afeta todo o mundo, com poucas diferenças entre as regiões e assim em África, na Ásia, no Pacífico e no Médio Oriente, 100% dos destinos adotaram restrições enquanto que nas Américas, 92% das regiões adotaram medidas semelhantes, e na Europa a proporção é de 93%.

Segundo a OMT as chegadas de turistas internacionais diminuirão entre 20% a 30% relativo aos números de 2019 e comparando com 2009 as chegadas de turistas internacionais caíram 4% gerando um declínio nas receitas entre US$ 300 bilhões e 450 bilhões, quase um terço das receitas de US$ 1,5 trilhão geradas no ano passado pelo que se pode dizer que serão perdidos entre cinco a sete anos de crescimento. 

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, com obvio exagero disse que “a covid-19 teve um impacto nas viagens e turismo como nenhum outro evento da história.” pois nao podemos esquecer a II Guerra Mundial 

Milhões de empregos poderão ser perdidos e os avanços nos campos da igualdade e do crescimento econômico sustentável podem ser revertidos.

Para a OMT, os governos devem analisar, permanentemente, as restrições de viagens e facilitar ou levantar algumas medidas assim que for seguro fazê-lo.

De realçar que os destinos já ajustaram suas medidas à medida que a situação evoluiu. A OMT continuará a acompanhar  a evolução das restrições, tentando apoiar uma recuperação responsável, mas também oportuna.

A agência publicou uma série de 23 recomendações para apoiar governos, setor privado e comunidade internacional. As diretrizes estão divididas em três categorias: gestão da crise e mitigação do impacto, estímulo para acelerar recuperação e, por fim, preparação do futuro.

Estas medidas “ajudam o setor a manter empregos e apoiar empresas que estão em risco.” Pololikashvili disse que reduzir o impacto no emprego, proteger os mais vulneráveis e preparar a recuperação devem ser as principais prioridades.

Em parceria com a Organização Mundial da Saúde, OMS, a OMT lançou um concurso de ideias para ajudar o setor.

O apelo global procura contribuições de empreendedores e inovadores que possam fazer a diferença imediatamente, para destinos, empresas e governos. O chefe da OMT afirmou que as ideias “precisam estar desenvolvidas e prontas para serem postas em prática.”

As inscrições terminam em 22 de abril de 2020. Os vencedores serão convidados a apresentar suas ideias a representantes de mais de 150 governos. Também terão acesso à Rede de Inovação da OMT, que inclui centenas de startups e empresas líderes de todo o setor de turismo.

image560x340cropped.jpg
0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.