Home Opinião Antonio Costa protesta e bem contra Perfis Falsos nas Redes Sociais

Antonio Costa protesta e bem contra Perfis Falsos nas Redes Sociais

por Joffre Justino

Ja que se tem  falado tanto ( e nós também) nas famosas fake news/ noticias falsas, há que divulgar este protesto do PM Antonio Costa a exigir uma posição institucional conjunta PR/PM/Governo/AR/ Tribunais e claro obrigatoriamente do  Parlamento Europeu. 

Noticiou a Lusa que o secretário-geral do PS se insurgiu hoje contra quem faz política de helicóptero para as televisões e não com os pés no chão, e contra a “sujeira” da criação de perfis falsos na internet para denegrir adversários provando-se mais uma vez que o erro não está nas Redes Sociais quando se fala de fake news / noticias falsas como denunciámos mas em grupos transnacionais de extrema direita bem apoiados e organizados.  

António Costa atacou diretamente o PSD no encerramento de um comício do PS na Escola de Hotelaria de Faro, depois de terem  falado o  líder federativo do Algarve, Luís Graça, o secretário de Estado José Apolinário e o cabeça de lista europeu dos socialistas, Pedro Marques pondo a nu que as fake news sao modelo sujo das Direitas. 

Nesse discurso líder do PS criticou para começar a ação de campanha do cabeça de lista europeu do PSD Paulo Rangel, que hoje, de manhã, sobrevoou de helicóptero parte da zona de pinhal do interior dos direitos de Coimbra e de Leiria dizendo que”Pedro Marques sabe que a vida política não se faz a andar de helicóptero, mas com os pés no chão, cara a cara com as pessoas. A vida política não é um espetáculo para as televisões, não são frases engraçadinhas”.

Mas a seguir e para nós  o essencial António Costa centrou-se nos atos anti democráticos de um responsável do PSD de Lisboa, que ja se demitiu, por estar eventualmente envolvido num caso de criação de perfis falsos na internet para atacar os socialistas seguindo a ser verdade a linha fascistoide de Trump e de Bolsonaro dizendo que “Não são campanhas sujas e negras que se vão construindo nas redes sociais, alimentando perfis falsos para atacar e denegrir os adversários. Isso não é política, isso é sujeira, isso não é digno da democracia”

Serve, achamos nó,s de prova suficiente da nossa razão, quando na conferencia da Lusa sobre o tema e  no nosso ultimo debate denunciámos que as fake news/ noticias falsas não são da responsabilidade das Redes Sociais mas de marketeers fascistóides,  com, dizem, não poucos apoios e um plano global de desacreditação das Democracias, hoje mais limitadas porque só políticas, gerido por uma extrema direita vinda dos  EUA, liderada por Steve Bannon amigo especial de Trump e Bolsonaro, agora com sede para os lados do Vaticano e apoiado pela extrema direita religiosa, dita católica ou dita evangélica, que usa nos seus intuitos.

Do nosso ponto de vista, no Parlamento Europeu, depois das resoluções lá aprovadas, não pode haver, mesmo que as ditas resoluções apontassem para os lados errados  ou até por tal.

Foto de destaque: LUSA

Joffre Justino

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.