O Estrategizando um jornal da Esquerda democrática, sem problemas em o ser, sem estar centrado no PS, olha com preocupação para o tempo perdido que vão ser estes meses pré antecipadas que nunca deveriam ter surgido

Na verdade, 8 guerras com significado no mundo, uma delas a esgotar recursos naturais e financeiros europeus desalmadamente, a guerra eslava, os problemas energéticos, os climáticos, a falta de água. a disparidade de rendimentos face à UE, a fuga de capitais, nada é suficiente para pôr um travão na ânsia de poder da Direita e do seu finalmente assumido MRSousa!

No minimo esperamos que o comportamento do vice-presidente do grupo parlamentar do PS, que releva a visão "ambiciosa e reformadora" do candidato, sem no entanto deixar palavras de elogio (que nunca serão nossas mas que mostram elevada civilidade democrática), ao adversário José Luís Carneiro, apresentado como "um destacado militante do PS, com obra feita": "Não deverá ser um adversário desta candidatura".

Francisco César defende ainda que Pedro Nuno "aprendeu com eles e tem obra feita", aprendeu com os erros e sim só não erra quem não faz!

 O candidato da dita ala esquerda do PS surge já com o apoio da grande maioria dos presidentes das distritais, já sendo 16 dos 23 referidos presidentes sendo que apenas a líder de Bragança assumiu o apoio a José Luís Carneiro, que aposta na conquista de personalidades como Fernando Medina, Augusto Santos Silva ou José Vieira da Silva… diga-se nenhum da simpatia política do Estrategizando à exceção da coragem anti fascista do Presidente da Assembleia da República .

 Francisco César lembra, que "a campanha de Pedro Nuno Santos também tem" destacados apoios, como o histórico Manuel Alegre, a antiga candidata presidencial Ana Gomes ou o presidente do Conselho Económico e Social, Francisco Assis.

"São todos militantes do PS, e são todos socialistas no fim. Independentemente do resultado, no dia a seguir, somos todos camaradas e estaremos todos juntos a trabalhar por um projeto convincente e robusto", antevê.

Segundo a Lusa, estão na direção de campanha ainda a ex-ministra Alexandra Leitão (coordenadora da moção de orientação política), a deputada e ex-líder da JS Maria Begonha, Nuno Araújo (PS/Porto), Diogo Cunha (deputado eleito por Braga), Joana Sá Pereira (deputada eleita por Aveiro e coordenadora da bancada socialista na Comissão de Assuntos Constitucionais) e Hernâni Loureiro (ex-dirigente da JS e adjunto da ministra da Habitação).

Para bem das Esquerdas o que mais desejamos é que esta campanha seja centrado num debate programático anulando os desejos dos paparazzi de que corra sangue na luta pela liderança do PS

Joffre Justino

*) Considere apoiar o “Estrategizando” com contribuições trimestrais de 18 euros, semestrais de 36 euros ou anuais de 60 euros, utilizando as informações bancárias fornecidas. O seu apoio é fundamental para continuarmos a informar e analisar questões críticas como esta.

NIB: 0036 0170 9910 0117 6978 7

ou

Entidade: JOFFRE JUSTINO

IBAN: PT50 0036 0170 9910 0117 6978 7, SWIFT: MPIOPTPL (solicitamos também o envio de um e-mail com o nome, o endereço e o seu comprovativo do valor da transferência realizada).