Home Cidadania “Ninguem fica bem nesta fotografia” ( Rui Tavares )

“Ninguem fica bem nesta fotografia” ( Rui Tavares )

por Joffre Justino

Parece que terei de acrescentar mais um partido àqueles que vale a pena votarmos – o LIVRE !

Num documento político no Público bem refletido, Rui Tavares afasta-se de um PS “endireitado” e de uns PCP e BE “entortados”.

Recordando a pandemia a crise energética e o suicídio da I República lembra que poderemos ter de comemorar os 50 anos de Abril “com um Parlamento com a maior bancada da extrema direita na nossa Democracia e possivelmente um governo ideologicamente mais privatizadores e anti socialistas de sempre apoiados pelos fundos da bazuca”!

E eu acrescento com o menor número de deputados PCP e BE de sempre!

Na realidade as Esquerdas vivem hoje burguesmente sentados no Parlamento e no Poder Local e Central alimentando-se sobretudo dos trabalhadores estabilizados na Administração Central e Local ( tal qual as Direitas que os patrões não vão em políticas pelo que nada de politiquices nas empresas!) e as suas reivindicações PS PCP BE.

Centram-se em demasia nessa população caso não fosse assim a sua preocupação centrar-se-ia no direito à negociação coletiva de trabalho e na Democracia económica como as Comissões de Saúde Higiene e Segurança no Trabalho inexistentes nesta pandemia nas inexistentes Comissões de Trabalhadores, na Participação dos Trabalhadores, na Gestão das Empresas, na Responsabilidade Social das Organizações, inexistente na taxação dos elevados lucros que depois são lavados para fora do país e na Distribuição da Riqueza com outros salários capazes de gerar mais economia interna, mais mercado interno!

O PS amarrado a uma visão liberaloide/vaticanista acha que tudo se resolve com umas esmolinhas ( o SMN a representar 25% do salários dos trabalhadores virou uma esmolinha) e os PCP e BE transformados em revivalistas do estatismo onde a luta social se esvai minuto a minuto ( façam as contas e vejam que nos últimos anos a maior parte das greves é feita por estruturas à Direita, até à Direita da UGT) com ganhos para umas castas foleiras na saúde na justiça etc.

Claro que esta Esquerda toda ela merece perder, só que o problema é que quem vai perder é a e o Cidadão Pobre a laborar na economia privada e umas franjas dos trabalhadores da administração central e local.

Vemos agora o surgir de um novo limiano vindo dos mamões PSD’s da Madeira ( os maiores mamões do país) ou essa solução de “baixar a crise” para as comissões sem votação ganhando-se mais uns dias de ansiedade!

Cada vez mais digo votemos pois MAS PCTP e agora acrescento o LIVRE !

Foto de destaque: LUSA

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.