Home Covid-19 O Covid-19 em França – em sete dias a França vacinou apenas 514 pessoas contra a Covid-19. Se acontecesse em Portugal era o fim da macacada!

O Covid-19 em França – em sete dias a França vacinou apenas 514 pessoas contra a Covid-19. Se acontecesse em Portugal era o fim da macacada!

por Antonio Sousa

A França,  uma das lideres ( não eleita, como a Alemanha,da UE), na ultima semana administrou 516 vacinas, contra as 20.000 vacinas diárias na sua vizinha Alemanha, ( em Portugal a 28.12 Portugal ja tinha vacinado 4534 profissionais da Saúde…) no que ja é considerado “Um escândalo de Estado”, por médicos e políticos.

Assim, Jean Rottner, presidente da região Grand Est, uma das áreas com maior incidência de contágio de Covid-19, mostra-se indignado perante as falhas do plano de vacinação em França.

Jean Rottner, d’Os Republicanos, médico, denuncia “um escândalo de Estado” e afirma, “Estamos a seguir uma linha política que fracassou no passado: as máscaras, os testes e agora o plano de vacinação”. 

A França sob uma governação “do PSD lá do bairro”, precisa acelerar o plano de vacinação, exige este presidente da região Grand Est. “Se dizem que estamos em guerra, como afirmou o Presidente, não podemos pensar no que fazer só daqui duas semanas, mas no que temos de fazer hoje.”

O Executivo francês adotou, esta segunda-feira, o plano de vacinação alargado aos profissionais de saúde com mais de 50 anos. 

Uma medida prioritária para Bruno Megarbane, diretor do serviço de reanimação do hospital Lariboisière em Paris, que já disse que, “É preciso acelerar o processo… esta história de existirem quatro dias entre o consentimento e a toma da vacina é completamente inútil”.

Na verdade se a França se mantiver neste ritmo de vacinação, “vão ser precisos 3000 anos para vacinar todos os franceses”, lamentou ainda o diretor do serviço de reanimação do hospital Lariboisière, descrevendo um processo obsoleto. “As pessoas vão ver o médico de família ou deslocam-se até um centro de saúde, decidem tomar a vacina e estendem o braço e são vacinadas. Não é preciso todo este protocolo e compassos de tempo entre a decisão de ser vacinado e o ato em si. Esta é uma vacina como qualquer outra, que foi autorizada para entrar no mercado, sem risco e que tem interesse imediato para nos proteger.”

Perante tal oGoverno francês está a ser duramente criticado o  que levou Emmanuel Macron a falar de vacinas na tradicional mensagem de Ano Novo e a prometer contrariar” a injustificável lentidão” do plano de vacinação.

A França acentue-se registou desde março mais de 65 mil mortes da Covid-19.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.