Home Política Sondagens … E é que não aprendem mesmo!

Sondagens … E é que não aprendem mesmo!

por Joffre Justino

Assim as oposições caem o selfies baixa, o Governo idem e António Costa o resiliente é o que fica bem na fotografia 

Na verdade, as oposição caiem para os 25% de opiniões positivas, contra os 40% de avaliações negativas, invertendo uma tendência de recuperação que vinha desde setembro. Outros 26% avaliam o desempenho da oposição com um encolher de ombros: “nem bem, nem mal”, com 46% dos eleitores votantes no PSD dizem que a oposição tem estado “mal” e o mesmo sucede com todos os partidos da direita mais 43% daqueles que dizem votar no Bloco de Esquerda.

Se havia duvidas quanto ao que temos escrito…! 

Rui Rio claro ainda é o  “principal figura da oposição”, 34%, a quem se deve imputar o desastre seguido pelo incapaz sr. Ventura que fica nos 29%. 

Só depois temos Catarina Martins com 14% mostrando que radicalismo não é sinonimo de radicalidade e Jerónimo de Sousa fica com 4%. 

Cerca de 20% dos inquiridos não sabem ou não respondem a esta questão.

Atenção Esquerdas nos segmentos mais jovens, Rio e Ventura registam valores próximos.

Nos eleitores do PSD, mais de metade (55%) elegem Rui Rio como principal figura da oposição, mas outros 23% (entre quem diz votar no PSD) escolhem André Ventura e o CDS cai para a chinela de quarto para Ventura.

1__#$!@!#__image.aspx.jpg

Antonio Costa apesar de nos media papparazianos estar sempre cercado pelo selfies e atacado pelas oposições tem 55% de opiniões positivas com 46% a avalia-lo com um “ bem” mas com 9% a subirem para o “muito bem”, contra os 27% que lhe dão nota negativa, entre o mal (18%) e o muito mal (9%) sendo que a avaliação positiva do primeiro-ministro chegar a todos os leques partidários exceto felizmente nos eleitores que dizem votar no Chega e na Iniciativa Liberal.

Já o Governo, desce ficando ainda assim com  47% de opiniões positivas (41% “bem” e 6% “muito bem”), e com 31% a criticá-lo sendo que nestes 20% consideram, que teve um mau desempenho e 11% classificam como “muito mau” o que para uma legislatura e um ano de pandemia tem de ser assumido como a Grande Vitoria sobre o papparazismo! 

O candidato selfies cai 12% na avaliação positiva, para os 62% e sobe para os 22% de notas negativas, regressando aos valores que tinha vindo a registar nesta sondagem e mostrando que nem Adelino Faria o salvaria se as Esquerdas tivesse uma política de Unidade 

A larga maioria do eleitorado do PS, 84%, desilude, vota no bacoco e falso sorriso do selfies mais do que o PSD, 70%, ou o PCP e o BE, mas onde o e selfies também tem fãs…  triste! am

Junto do Chega e da Iniciativa Liberal, Marcelo regista valores maioritariamente negativos.

Mas pior continua-se  a depositar mais confiança nas falsidades do selfies 50%, do que no primeiro-ministro que tem 16% mas com 25% divididos entre os dois.

2__#$!@!#__image.aspx.jpg

Enfim não somos “costistas” mas a luta social em pandemia não adere a discursos violentos ( exceto os caducos fãs do salazarento regime dos 60km de autoestrada em 48 anos) a cidadania é critica  e atenta ainda que inorgânica e na verdade está sem rumo tal qual estão as Esquerdas! 

Quando estas aprenderem..  outro galo ( como diria Savimbi) cantará em Portugal! 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.