Home Artes O Livro, o Saber, o Sentido Critico

O Livro, o Saber, o Sentido Critico

por Nardia M

Ao participar da live do canal do economista brasileiro Eduardo Moreira, do Instituto Conhecimento Liberta,  a humorista e atriz Dadá Coelho, vencedora do prêmio F5 de 2020 na categoria atriz de humor com o programa “A Culpa É da Carlota” (Comedy Central), contou como a experiência com os livros mudou a sua vida. 

“Nasci numa família do Nordeste com 13 filhos. Tive que buscar um caminho e busquei através da leitura, do livro.”

Para Dadá, segurar um livro é também um ato de defesa. “Eu acredito que quem lê vai mais longe. Não no sentido de chegar a algum lugar, o caminho e a peleja são diários, mas no sentido do livro ser a maior invenção da civilização. Deus escolheu a Bíblia, o texto, para se manifestar. Quando você pega um livro, você está se defendendo, você cria espírito crítico. É a forma de você estar e existir no mundo”, disse.

Não por acaso, segundo a atriz, Jair Bolsonaro é radicalmente contra a leitura. “Por isso que ele (Bolsonaro) não quer que ninguém leia. Por isso que ele diz que é um amontoado de páginas, de letras. A gente precisa ler para se formar. Não existe opinião sem formação, e eu acho que o livro é realmente a forma de você estar no mundo, através da leitura. E o Haddad pra mim representava isso. Mas as pessoas foram lá e fizeram isso. Agora a gente vai ter que dormir com essa até 2022 (…) A gente tinha a escolha de um cara que segurava um livro e um cara que segurava uma arma, e a democracia elegeu o que está aí e está aí o resultado”, disse, 

Vaza escândalo envolvendo filho mais novo de Bolsonaro e verbas públicas milionárias – Live de 10/12

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.