Home África Lembrar Chivukuvuku…recordar tempos de luta democrática Angolana

Lembrar Chivukuvuku…recordar tempos de luta democrática Angolana

por Joffre Justino

“O mpla parece um gigante mas é um gigante de barro” ( Abel Chivukuvuku, publico, 18.12.2020) 

Falei, a sério, pela primeira vez com o Abel Chivukuvuku, em Lisboa, no contexto de uma embaraçosa campanha ( uma das muitas) contra a UNITA e o dr Savimbi ( de propósito o trato hoje e aqui assim… mas ele preferia ser o … Mais Velho!) que o mpla lançou a partir das desaventuras de uma juventude que sonhava bem ou mal por uma Angola Independente!

Chivukuvuku seguiu o seu percurso viajou mundo fora representou a UNITA mundo fora reencontrei-o  em 1992 em Luanda onde depois da fraude eleitoral e do golpe de estado mplista foi ferido esteve preso e manteve a sua verticalidade até quando se afastou de Savimbi sem ceder ao mpla 

Nesses dias vivi uma das mais encantadoras e dolorosas fases da minha vida na luta pela Democracia para e com um Povo, o Angolano, um Povo que amo no seu sofrimento e na sua capacidade dd Resistência…

Nessa fase teve a simpatia de me convidar via um comum amigo para o seu grupo o que não aceitei porque era (e sou) savimbista!

Reencontrei-o episodicamente mas em 2004 voltou Chivukuvuku a ter para comigo um gesto de amigo insistindo para assistir a um comício da UNITA no decurso dos preparativos do Congresso que elegeu Samakuva lider da UNITA no palanque central e mantendo a insistência em que eu apoiasse o Samakuva o que não fiz pois derrotados que estávamos preferi ir até ao fim no apoio a Gato!

Como se vê nunca tive uma relação próxima com Chivukuvuku mas reconheço nele um “filho de Savimbi” ( como aliás Adalberto da Costa Jr, o atual presidente da UNITA) e um dos mais importantes quadros políticos de Angola 

E se o meu coração se dividiu entre a CASA-CE e a FpD fiquei feliz quando se juntaram pois desde 1992 que defendi uma coligação UNITA / FpD ( na altura AD) a única vez que vi Savimbi incomodado comigo sem que me tivesse uma vez que fosse impedido de exprimir as minhas opiniões no jornal da UNITA o Terra Angolana! 

( … e ainda hoje estou convencido que tinha toda a razão!) 

Depois por razões que não acompanhei adequadamente Chivukuvuku decidiu criar o PRA-JA partido que tem sido escandalosamente bloqueado na sua legalização sem fundamento credível e hoje o Publico anuncia que Chivukuvuku poderá aceitar um regresso à UNITA  em palavras do proprio … 

Estou em crer que tal é um sonho antigo de Chivukuvuku mas estou também a crer que este regresso não será positivo nem para Chivukuvuku, nem para Adalberto da Costa Jr nem para a UNITA … mas poderá ser que a distância me afasta em demasia da realidade Angolana ! 
O que sei de qualquer forma é que Chivukuvuku é uma das personalidades centrais da Democracia em Angola …

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.