Home Ambiente Entre o PS do ministro do Ambiente e o PS do ministro das Infraestruturas…

Entre o PS do ministro do Ambiente e o PS do ministro das Infraestruturas…

por Joffre Justino

Parece que o PS parlamentar prefere ser do pior ministro do Ambiente de sempre este o dos plásticos o das “papeleiras” da importação de lixo e queda-se isolado sobre o aeroporto no Montijo na AR !

O partido do PR pré-candidato que já foi “das papeleiras e dos plástico” e agora não é para voltar ser depois se e quando no poder, o PSD tsmbém dd Rui Rio impôs com a restsntd oposição qud o Governo tenha de fazer uma avaliação ambiental estratégica sobre novo aeroporto de Lisboa, dada uma proposta do PAN e outra do PEV que foram aprovadas na Comissão de Orçamento e Finanças, com os votos favoráveis de todos os partidos à exceção do PS, que votou contra.

E assim o Governo vai ter de realizar no próximo ano, uma avaliação ambiental estratégica para o novo aeroporto de Lisboa,

“Durante o ano de 2021, o Governo promove, nos termos do Decreto-Lei n.º 232/2007, de 15 de Junho, alterado pelo Decreto-Lei nº 58/2011, de 04 de Maio, a realização de uma Avaliação Ambiental Estratégica que afira de diversas hipóteses de localização de respostas aeroportuárias”, preveem  as duas iniciativas.

Curiosamente a 04 de novembro, o ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, disse no parlamento que a crise causada pela pandemia veio dar ao Governo tempo para ponderar sobre a possibilidade de uma avaliação ambiental estratégica sobre o novo aeroporto de Lisboa.

Numa audição no parlamento, no âmbito da discussão na especialidade do OE2021 e a responder à deputada Inês Sousa Real, do PAN, o ministro sublinhou que, antes da pandemia de Covid-19, a capacidade do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, estava “esgotada”, sendo recusados “muitos voos” o que levava à perda de receitas para vários setores da economia.

“A urgência fazia com que nós não perdêssemos mais tempo na necessidade de expandir a capacidade aeroportuária de Lisboa” continuou Pedro Nuno Santos, mas agora “ não ignoramos que a pandemia, não retirando a necessidade de aumentar a capacidade aeroportuária, porque contamos com a recuperação dentro de alguns anos, dá-nos algum tempo para ponderarmos a possibilidade de avaliação ambiental estratégica”, afirmou o ministro.

Várias organizações ambientais têm defendido que o processo referente ao novo aeroporto de Lisboa tem de ser apreciado no contexto de uma avaliação ambiental estratégica, em que sejam ponderadas várias opções possíveis.

E o ministro das uber, desculpem, do Ambiente  leva o PS parlamentar a mais uma monstruosa  e estupidamente desnecessária gaffe ambiental … de fora estão já os tais radicais que Ana Catarina Mendes sonhava poder expulsar ! 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.