Home Nacional Duas Cidadãs, Deputadas, Salvam António Costa e o seu governo!

Duas Cidadãs, Deputadas, Salvam António Costa e o seu governo!

por Joffre Justino

A deputada ex – PAN Cristina Rodrigues anunciou hoje que se irá abster na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021.

Esta  abstenção anunciada em comunicado da deputada é   justificada com um argumento que deveria envergonhar Catarina Martins e a sua unanime Mesa Nacional “tem coisas boas e tenta responder na medida do possível às necessidades criadas pela pandemia provocada pela Covid-19” e onde se afirma também que o documento “mantém insuficiências em áreas que já existiam antes e que agora ainda se acentuam mais como é o caso do setor da cultura, do ambiente e das políticas de bem-estar animal”.

Por isso estando em aberto a orientação de voto na votação global final, e com  Cristina Rodrigues a realçar  que já fez chegar um conjunto de propostas ao Executivo de António Costa, incluindo a possível implementação de um projeto de rendimento básico incondicional, um projeto-piloto para a abertura de centros de nascimento, a criação da figura do psicólogo no trabalho e o perdão fiscal ou negociação da dívida relativa ao período da pandemia sem penalizações para os profissionais do setor da cultura, a verdade é que a lição ao BE está dada!

“Este Orçamento parece apenas relevar os animais de companhia, mantendo no esquecimento os animais selvagens ou dos animais usados para pecuária, além de que mesmo no que diz respeito aos animais de companhia, apesar de ser positivo haver um aumento do valor destinado à melhoria dos centros de recolha de animais, o valor para as esterilizações é manifestamente insuficiente. Pior, a discrepância entre um valor e outro demonstra que se continua a apostar num sistema de ‘depósito’ de animais quando aquilo que urge fazer é diminuir o número de nascimentos”, acrescenta a deputada não inscrita.

Já Joacine Katar Moreira foi perentória, “Enquanto deputada de esquerda não conto inviabilizar um orçamento que também é fruto de uma maioria de esquerda no parlamento. Discutiremos na especialidade as melhorias a fazer e apresentarei as minhas propostas de alteração.”, numa atitude de saudar e que releva a visão de Esquerda desta radical deputada!

Às Esquerda pode-se dizer que tirando a Mesa Nacional do BE todas e todos assumiram que a crise não se combate com mais crise…

Resta-nos saber com votarão os Verdes para uma apreciação global

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.