Home Direitos Humanos As barbaridades do ex secretário de estado da Cultura do passospórtismo!

As barbaridades do ex secretário de estado da Cultura do passospórtismo!

por Joffre Justino

(Nada de praia, nada de turismo interno, nada de Fátima e fechem a Feira do Livro! Ou não?)


“Após a Revolução de 28 de Maio de 1926 o partido foi ilegalizado, e foi forçado a operar em segredo. Por coincidência, a revolução aconteceu na véspera do segundo congresso, o que levou à sua suspensão. Em 1927 a sede do PCP foi fechada. O partido foi depois reorganizado em 1929 por Bento António Gonçalves. Adaptando-o ao seu novo modo de operações clandestinas, evitou assim uma onda de detenções.”

( in, https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Partido_Comunista_Portugu%C3%AAs)

Este artigo de Jorge Barreto Xavier ‘O futuro do PCP’ do dito “liberal” ( ao tempo que não o é!) Publico de 28.08.2020, mostra à evidencia o como a Direita monta uma narrativa absurda para “defender a sua dama” no caso a proibição da Festa do Avante sendo certo para Magriço falta mesmo muito a ambos autor e jornal

A primeira batota está mesmo numa frase às sexta e setimas linhas ( curtas as linhas), segundo período do artigo quando o ex refere que o PCP “foi ilegalizado ainda na década de 1920” esquecendo-se, claro de referir que já depois do 28 de maio de 1926 como acima digo citando o tão simples de consultar wikipedia !

A segunda batota está no tentar demonstrar que o PCP já é um partido irrelevante que de terceira força é hoje de 6,3% 

A terceira batota está na esforçada e ridicula tentativa de dizer que a geringonça resultou mal para o PCP quando em toda a Esquerda se pode dizer o mesmo ( o PS nao atingiu a maioria absoluta e BE e PCP quedaram-se com quase os mesmos votos da eleição anterior ) mas curiosamente o dito ex nada diz quanto ao desastre vivido em toda a sua área política a Direita! 

A quarta batota está na lamúria à volta das limitações do direto de expressão em reunião ( não no restante) saltando por cima dos eventos de Fátima, de eventos autorizados e realizados como a Feira do Livro que até churros tem à venda.

A quinta batota está na ridícula tentativa de fazer da Festa do Avante um mero festival ( os organizadores de festivais estarão gratos com o ex? … Duvidamos muito) pois basta ler o programa da Festa do Avante para se saber quão grande é a mentira de Jorge Barreto Xavier para tão curta perna!

A sexta batota reside na tentativa do uso da “igualdade dos cidadãos face à lei” para contestar a Festa do Avante e estou a imaginar toda a igreja vaticanista aos pulos com tamanha gaffe que leva claro a saber se Fatima pode continuar com os seus eventos assim como a liderança dos editores e livreiros  a imaginar o desmontar imediato da Feira do Livro! 

A sétima batota tem a ver como uso da opção do PCE em vez de usar as manifestações ( absurdas!) da Direita das Espanhas contra a proibição de ajuntamentos ! 

Para terminar estamos em crer que o ex que criticamos nao terá ido às praias de Portugal e assim não terá apoiado o apelo das organizações de turismo lusas na linha ‘Faça Férias Cá Dentro” !

Enfim quase poderíamos de acusar este ex de anti portugues por tal mas não basta dizer que este ex só mostrou porque é que a Direita está no seu mais baixo momento socio eleitoral do pós 25 de abril! 

Por nós, encontre Lisboa, também as praias de Portugal e a Feira do Livro! 

Encontre Lisboa

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.