Home Ásia Um ditador a esvair-se … outra a nascer na Coreia do Norte… ou tudo boato?

Um ditador a esvair-se … outra a nascer na Coreia do Norte… ou tudo boato?

por Joffre Justino

Ali para os lados das Coreias é tudo muito confuso como sabemos, depois da guerra de três anos findada em 27 de julho de 1953, com um armistício assinado que criou a Zona Desmilitarizada da Coreia que separa a Coreia do Norte  da do Sul, tendo permitido uma troca de prisioneiros mas com as duas Coreias formalmente, ainda em guerra.

Em abril de 2018, os líderes das duas Coreias se reuniram na Zona Desmilitarizada e concordaram em trabalhar para assinar um tratado de paz para encerrar oficialmente a guerra e Trump passeou-se por lá mas sem conseguir mostrar-se como grande patrão dada a teimosa politica isolacionista da Coreia do Norte de Kim Jong-um que agora e segundo um antigo oficial da Coreia do Sul estará em coma e com a irmã a poder vir assumir a liderança do país. 

Na verdade corre ao tempo o rumor de que o estado de saúde de Kim é delicado com este líder do Norte de 36 anos, a estar demasiado ausente dos assuntos de estado o que alimenta estas especulações sobre sua saúde.

Diz o New York Post, que Chang Song-min, um diplomata e ex-assessor do falecido presidente da Coreia do Sul Kim Dae-jung, terá divulgado que Kim está com a saúde extremamente debilitada com as recentes aparições de Kim de fato fake news.

“Eu entendo que ele está em coma, mas sua vida não terminou”, disse o ex-diplomata, que entende que a irmã de Kim, Kim Yo Jong, de 33 anis, estará a ser preparada para a liderança, pois como uma “estrutura de sucessão completa não foi criada, então Kim Yo-jong está em lenta ascensão , já que o vácuo não pode ser mantido por um período prolongado.”

NORTHKOREA-KIM_SISTER.jpg

Kim Yo Jong  irmã do líder da Coreia do Norte Kim Jong Un

Todo este cenário nasce de um relatório do Serviço Nacional de Inteligência da Coréia do Sul da semana passada, onde se especula que a irmã de Kim, que é a primeira vice-diretora do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores, está já a assumir  mais responsabilidades sendo que o seu irmão mantém “autoridade absoluta”… algo ao estilo da lenta morte do salazarento e da ascensão do padrinho de MRSousa, Marcelo Caetano.

Realce-se que não é a primeira vez que a ausência de Kim gera este tipo de especulações pois em abril, depois de um seu desaparecimento por quase três semanas, circularam relatos de que ele havia se submetido a uma cirurgia cardíaca. Kim até perdeu uma comemoração para marcar o aniversário de seu falecido avô, mas as autoridades nunca deram uma explicação sobre o sucedido.

AFP_1QY3CB.jpg

Kim Jong Un 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.