Home Angola COMENTÁRIO de Fernando Heitor à noticia da morte fisica de Waldemar Bastos

COMENTÁRIO de Fernando Heitor à noticia da morte fisica de Waldemar Bastos

por Fernando Heitor

Cantor exímio .

Sempre aplaudi as suas músicas mesmo quando não era  conhecido e era ignorado naquela época de trovadores revolucionários, que ele sempre considerou que aquilo não era música !

Eram chinguilamentos a pedir dinheiro ao Partido  ! 

 Se pessoas como esta que cantam e encantam de forma deslumbrante, as deixam morrer com doenças já conhecidas e que bem podem ser combatidas com algum sucessso… caramba, dá para dizer, que se lixe o Covid-19. 

Porque  mais do que, por conta desta diabólica  doença, andam os angolanos a morrer de malária, fome, diabetes e cancro … enfim ! 

Conheci o Waldemar no Huambo, pouco tempo e estivemos mais tempo em Luanda na Comissão de Reabilitação da Indústria do Disco, de que eu, FH, era o Coordenador Adjunto e tecnico e o cantor Filipe Mukenga era o Coordenador por parte da Cultura! 

Fizemos  o melhor que pudemos naquela época ( década 80 do século passado ), para inventariar e avaliar o estado das fábricas de disco do País e propor a sua reabilitação. 

O Waldemar só pedia que lhe ajudassem a sair do País e que depois regressaria com vários troféus, para oferecer aos angolanos. Não acreditava q as fábricas algum dia fossem reabilitadas. E teve  razão ! 

Enfim… Estou bastante consternado com essa notícia que já me foi confirmada essa manhã de Portugal . Cada vez mais vamos perdendo os melhores de nós, nos varios segmentos da sociedade. 

Já alguém parou para se perguntar … “ E depois o que será de Angola  culturalmente, um pouco mais autêntica  com pitanga madura e xé menino não fala política ? 

Etcetc … 

Meus pezames a família enlutada ! 

Abrço FH ( com lágrimas nos olhos )

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.