Home Economia Quase metade dos alojamentos turísticos encerrados ou sem hóspedes em junho

Quase metade dos alojamentos turísticos encerrados ou sem hóspedes em junho

por Joffre Justino

A pandemia causou o cancelamento de reservas agendadas para os meses de junho a outubro de 2020, maioritariamente dos mercados nacional e espanhol.

45,2% dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes em junho, o INE

“De acordo com os resultados de um questionário específico adicional que o INE promoveu durante os meses de junho e julho, 62,6% dos estabelecimentos de alojamento turístico respondentes,” 78,6% da oferta, declararam que a pandemia Covid-19 fez cancelar reservas agendadas para os meses de junho a outubro de 2020, em especial dos mercados nacional e espanhol.

A maioria dos estabelecimentos registaram “taxas de ocupação inferiores a 50% em cada um desses meses” e mais de metade, 57%, dos estabelecimentos turísticos não prevê alterar os preços praticados face ao ano anterior, e 34,9%, admite vir a reduzir os preços, situados maioritariamente na Área Metropolitana de Lisboa e no Algarve, 58,8% e 54,5% dos estabelecimentos, respetivamente.

Jorge Palma | 70 Voltas ao Sol – Agradecimento

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.