Home Opinião A economia de mercado … livre? Com a Microsoft a confirmar negociações com TikTok depois de conversa com Trump?

A economia de mercado … livre? Com a Microsoft a confirmar negociações com TikTok depois de conversa com Trump?

por Joffre Justino

A invenção nova de Trump é acusar uma app de videos curtos musicais chinesa de espionagem!

Já no estado de pré loucura dizem opositores Trump acusou a ByteDance de coletar dados dos norte-americanos e repassar ao governo chinês, que os usaria para espionagem

E a correr a Microsoft disse neste domingo, 2.ago.2020 que está a negociar com a ByteDance, a empresa chinesa responsável pelo aplicativo de vídeos curtos TikTok a sua compra.

Satya Nadella, diretor-executivo da companhia norte-americana, conversou com Trump sobre as preocupações do republicano acerca da proteção de dados dos usuários e disse que pretende concluir as negociações até 15 de setembro. 

Chama-se a isto o incentivar o monopolismo a partir do Estado 

Claro que a Microsoft explicou, em comunicado ( diretamente ninguém aguentaria sem rir à gargalhada) que entende as preocupações de Trump. A empresa afirmou estar comprometida a fazer “uma revisão completa da segurança“. Entre as mudanças pretendidas pela Microsoft ao adquirir a TikTok estão “adicionar proteções de segurança, privacidade e segurança digital de classe mundial. O modelo operacional do serviço seria construído para garantir transparência aos usuários, bem como a supervisão de segurança apropriada pelos governos desses países“.

A Microsoft garantiria que todos os dados privados dos usuários americanos do TikTok sejam transferidos e permaneçam nos Estados Unidos. Na medida em que esses dados estejam atualmente armazenados ou em backup fora dos Estados Unidos, a Microsoft garantirá que esses dados sejam excluídos dos servidores fora do país após a transferência“.

O aplicativo ganhou  notoriedade neste ano durante a pandemia da covid-19. Foram mais de 315 milhões novos downloads no 1º trimestre de 2020 e uma pesquisa da Sensor Tower, o número é o maior  já registrado em 1 único trimestre. 

Ao todo, são mais de 2,2 bilhões de usuários em todo o mundo.

Ah como o Estado ajuda o privado nesta economia privatista!

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.