Home Covid-19 Toda a UE também em forte crise

Toda a UE também em forte crise

por Antonio Sousa

A UE da zona euro teve uma contração homóloga de 15% no segundo trimestre de 2020,  devido à pandemia de Covid-19, e Portugal a ter  o quarto maior declínio segundo o Eurostat esta sexta-feira.

Segundo a estimativa rápida preliminar divulgada pelo Eurostat, no segundo trimestre deste ano, quando as medidas de contenção para a Covid-19 adotadas pelos Estados-membros tiveram maior impacto na economia, o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 15% na zona euro e 14,4% no conjunto da União Europeia (UE) em comparação com o mesmo período de 2019.

Por Estados-membros no segundo trimestre de 2020, a Espanha (-22,1%) foi o país europeu com maior declínio na variação homóloga, seguindo-se França (-19%) e Itália (-17,3%) e Portugal teve, a quarta queda mais acentuada, com os -16,5%, como divulgado hoje pelo INE.

Para o Eurostat esta redução trimestral mostram, “de longe, os declínios mais acentuados observados desde o início das séries cronológicas em 1995”, que comparam com quedas mais contidas do PIB de 3,6% na zona euro e 3,2% na UE no primeiro trimestre de 2020 sendo ainda estimativas preliminares e ainda incompletas, que serão atualizadas em meados de agosto.

Nicolau – The Sun Will Shine Again (Official Video)

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.