Home Cultura Da ‘menina’ ao lanchinho! (ah Gabriela!)

Da ‘menina’ ao lanchinho! (ah Gabriela!)

por Joffre Justino

Claro que tinha de ser uma vieiradasilva a decidir que o pastel de nata ou o de bacalhau pode substituir uma ‘casa de passe’,  um ‘bordel’, uma sala de espetáculos ‘noturna’ de onde nasceu o luso património da Humanidade o Fado (pobre Severa! Que viva Amália… desculpem esta minha opinião definitivamente pró Zeca!).

Regressamos pois ao tempo ‘católico’ de antes do ‘Gabriela Cravo e Canela’, esse tempo de falso pudor e de bacanais clandestinos ( hoje discretos e para a classe alta capaz de pagar 3000 euros por um ‘evento’ deste tipo!) esse tempo em que, já depois do 25 de abril ( eu assisti a uma dessas essenciais iniciativas ‘moralizadoras’)  a policia entrava bares noturnos adentro para identificar os utentes e levá-los para uma noitada na mais próxima esquadra!).

Esquecemos que a Gabriela parava as reuniões de Conselho de Ministros ( contou-o Mário Soares antigo PM, antigo PR, antigo lider anti fascista antigo lider da luta pela Democracia e a Liberdade em 1975!) e que nela a telenovela surgiam bordeis livres e de livre uso ( para quem pudesse pagar) e claro depois ‘da familiar hora de jantar!

Somos pela legalização da prostituição e passámos já por dissabores por recordar o Amor de Jorge Amado às prostitutas ( como aliás na revolução cubana.. ) e ouvir um brasileiro cidadão ( dito de Esquerda) apelidar o autor dos Subterrâneos da Liberdade ou de Capitães da Areia ou a deliciosa ‘Dona Flor e os seus Dois Maridos’ de, imagine-se, reacionário!

E assumimos que a ilegalidade em que vive a prostituição é a base da generalização das doenças sexualmente transmitidas e abuso de crianças de mulheres de gays e de homens impondo-lhes a prostituição em lógica de escravatura sexual que nada tem a ver com a prostituição.

Talvez recordar a pelo menos seguidora de Jesus Cristo talvez profissional do sexo e quase certamente esposa de Jesus Cristo e mãe de seus Filhos para dizer que estas pudicas decisões vindas de falsos cristianismos magoam qualquer seguidor do revolucionário esotérico Jesus Cristo lembrando que “atire a primeira pedra…” que chocou os sádicos ( e quase certamente escondidos frequentadores) que se babavam já para poderem apedrejar no caso uma Mulher! 

Estamos solidários com quem está proibido de continuar o seu legal negócio quando ao lado os organizadores de bacanais por 3000 euros podem sem reticências à exceção do cumprimento das regras de todos bacanalizar à vontade!

As prostitutas já foram sacerdotisas , respeitadíssimas gueixas, protegidas de bispos, rainhas até segundo dizem as más línguas e nada de esquecer motivadoras do revolucionário movimento peronista a amada Argentina Evita! 

Mas claro o antisexo esoterismo de muitos católicos e cristãos que na realidade temem o mesmo por ser genialmente reprodutor e largamente substituto de xanax’s e cia empurrou a prostituição para a escala mais baixa da estrutura social! 

Que vivam as elites que podem sexualizar à vontade com 5 salários mínimos nacionais gastos em uma só noite!  

Com ou sem pastel de nata ou de bacalhau  … não o sabemos ! 

… Para quando o findar da falsa e doentia moral opusdeista? 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.