Home Covid-19 Covid-19, a concorrência inter potencias e a Russia

Covid-19, a concorrência inter potencias e a Russia

por Joffre Justino

Segundo as autoridades de saúde russas este país terá uma vacina contra o novo coronavírus pronta a ser administrada já em agosto.

O ministro da Saúde da Rússia, Mijaíl Murashko, acentuou tal valendo recordar que logo que a Organização Mundial de Saúde anunciou, em fevereiro, que a humanidade enfrentava um problema grave com este novo coronavírus que provoca a Covid-19, o Centro de Investigação Nacional de Epidemiologia e Microbiologia Gamaléi de Moscovo logo começou a trabalhar numa vacina contando com a experiência de criar a vacina contra o vírus que provocava a Síndrome Respiratória Aguda do Médio Oriente (MERS).

Segundo a diretora adjunta deste instituto, Meduza Denís Logunov, em entrevista a uma publicação online, os cientistas não precisaram de ser “muito criativos” para conseguir criar o produto e os ensaios clínicos começaram a 17 de junho com a participação de voluntários e de militares das Forças Armadas. 

O primeiro grupo de cobaias teve alta a 15 de julho e o segundo a 20 e os investigadores garantem que o fármaco que lhes administraram teve capacidade de os deixar imunes, sem efeitos secundários para a saúde.

O ministro da Saúde já disse que em agosto esta vacina será administrada aos trabalhadores do setor da Saúde e aos grupos de risco. 

Recordemos que a Rússia supera já os 800 mil casos de contágios desde o início da pandemia, com mais de 588 mil curados tendo morrido já mais de 13 mil pessoas.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.