Home Cabo-Verde Elisabeth Moreno tomou posse como ministra em França – “Podemos transformar destinos !” diz uma Cidadã que como nós fala português!

Elisabeth Moreno tomou posse como ministra em França – “Podemos transformar destinos !” diz uma Cidadã que como nós fala português!

por Joffre Justino

Elisabeth Moreno tomou posse hoje em Paris como Ministra francesa da Igualdade entre mulheres e homens sendo a primeira cidadã da CPLP a estar num governo francês. 

Cidadã originária da ilha cabo-verdiana de Santiago sente-se orgulhosa por este marco no percurso efectuado desde que chegou a França aos 6 anos e vale um extracto da sua intervenção de tomada de posse, minutos antes de participar no primeiro Conselho de ministros do governo de Jean Castex e a passagem de testemunho em Paris entre a secretária de Estado cessante da Igualdade, Marlène Schiappa, para a agora Ministra da Igualdade entre mulheres e homens, diversidade e igualdade de oportunidades, Elisabeth Moreno decorreu em moldes positivos que admitiu “não ser deste universo” devido à sua inexperiência política mas com um vasto currículo na área jurídica e empresarial 

                “A República pode estender a cada um a sua mão e isso não é uma quimera.

                 Quando o senhor Nicolas Ravel [da presidência francesa] me ligou no sábado à noite para Joanesburgo para me dizer que ele pensava confiar-me esta responsabilidade… as primeiras pessoas em quem pensei foram os meus pais !

                 Porque eles vieram para França, que o meu pai é operário e que a minha mãe foi mulher a dias a vida inteira.

                  Eles não me puderam ensinar quão importante é estudar e trabalhar com afinco na escola para se construir um futuro.

                 Mas eles transmitiram-me valores.

                 Valores de respeito do humano: seja quem for, independentemente das suas responsabilidades, sonhos e ambições !

                  E se alguma vez me tivessem dito que poderia um dia estar perante vós, e ao serviço da república francesa, acho que teria chorado de raiva porque teria pensado que estariam a fazer troça de mim.

                 Mas a beleza da vida é que enquanto estamos vivos podemos transformar destinos e espero que juntos vamos poder transformar o destino da França. Obrigada.”

O novo Executivo tem 16 ministros e 14 secretários de Estado.

Elisabeth Moreno nascida em 1970 no Tarrafal onde houve um campo de concentração  ao tempo salazarento onde estiveram presos comunistas anarquistas e membros nacionalistas dos então futuros PALOP, é licenciada em direito e com um master em Direito Comercial e uma MBA Global Business.

Emigrou com os pais aos seis anos de idade para França e depois dos estudos tem feito uma carreira de empresária e gestora e era diretora para África da multinacional de informática HP, instalada na África do Sul e desempenhara cargos de direção nas empresas de tecnologia Lenovo e Dell.

Em 2005, fundou o Cabo Verde Business Club, para promover as relações comerciais entre empresas francesas e cabo-verdianas e, em 2008, apoia a fundação da Casa Cabo Verde em Paris, uma associação que presta assistência à comunidade cabo-verdiana

Vale recordar que Cabo Verde conta com cerca de 500 mil habitantes no arquipélago e mais de um milhão na Europa e Estados Unidos da América, estando o sistema financeiro dependente das remessas desses emigrantes.

Em todo o ano de 2019, as remessas dos emigrantes cabo-verdianos cresceram 8,1%, para num novo máximo, de 19.900 milhões de escudos isto é 180,2 milhões de euros.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.