Home Opinião Investimentos contra pandemia reforçam incompetência de Bolsonaro

Investimentos contra pandemia reforçam incompetência de Bolsonaro

por Silvio Reis

Um governo que prioriza mais a Economia do que vidas humanas, na pandemia do coronavírus, deveria ser um modelo de investimento. Uma das manchetes de jornal no domingo, 28, mostra uma administração bem incompetente: “De R$ 398 bi contra Covid, 86% são para salvar economia que agoniza.”

Também no domingo, uma reportagem no Fantástico (TV Globo) revelou que o prejuízo decorrente de erros de governo, na distribuição do coronavoucher, pode chegar a R$ 1 bilhão. Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) expõe várias irregularidades.

620 mil pessoas  receberam o auxílio emergencial sem ter direito. Muitos não solicitaram a ajuda. É o caso de servidores públicos federais, estaduais e 53,5 mil militares.

O Ministério da Cidadania  informou que 47,7 mil pessoas já o devolveram o dinheiro. Cerca de 28 mil militares, que representa quase a metade da corporação, ainda não fizeram a devolução, conforme matéria em O Globo. O Ministério da Justiça não se posicionou a respeito.

Sistemas de fraude fizeram com que 17.984 mortos recebessem a ajuda de custo em conta de terceiros. Mais de 7 mil presos, que não poderiam receber o  a ajuda, estão na lista dos beneficiários. O ministro da Justiça deveria se manifestar.

A Caixa Econômica Federal, responsável pela liberação do coronavoucher, poderá ter um prejuízo superior a R$ 60 milhões em decorrência de fraudes. Este valor beneficiaria 100 mil brasileiros que recebem uma parcela mensal de R$ 600,00, nos três meses do coronavoucher.

Em quatro meses de pandemia, o governo Bolsonaro usou 29.3% dos recursos destinados ao enfrentamento da covid-19. A falta de investimentos nessa área está relacionada aos 57.659 mortos pela doença no Brasil, com 1.345.470 infectados até 28.06, conforme dados do consórcio de imprensa. Os números do Ministério da Saúde são menores.

Imagem destaque: Protesto com 1.000 cruzes em frente ao Congresso Nacional, em 28.06. Foto: Sérgio Lima / AFP

Silvio Reis, jornalista brasileiro

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.