Home Brasil Organizações pedem que Banco Mundial recuse Weintraub. Chineses riem

Organizações pedem que Banco Mundial recuse Weintraub. Chineses riem

por Silvio Reis

Entre as diversas balbúrdias do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub,  a China foi associada à origem da covid-19, como se a doença fosse uma estratégia política e econômica. 

A Embaixada da China no Brasil avaliou a ofensa como “fortemente racista” e afirmou que houve “influências negativas no desenvolvimento saudável das relações bilaterais China-Brasil”. Agora, chineses têm motivo para rir. 

Para compensar a demissão do ministro em 18.06, o presidente Bolsonaro ofereceu uma diretoria no Banco Mundial, em Washington. É por pouco tempo: até outubro deste ano. Talvez nem chegue a ocupar o cargo. 

Organizações como a Conectas Direitos Humanos e a US Network for Democracy in Brasil, um grupo de empresários, economistas, atores e produtores culturais, todos assinaram uma carta que será encaminhada ao conselho de diretores do banco e aos embaixadores de nove países que formam a diretoria brasileira. 

Para ser aprovado como diretor, o ex-ministro depende da aprovação de embaixadores da Colômbia, Equador, Filipinas, Haiti, Panamá, República Dominicana, Suriname, Trinidad e Tobago. É preciso uma diplomacia que, talvez, o Brasil não disponha no momento. 

Segundo reportagem da Reuters, o conteúdo da carta afirma que o economista Abraham Weintraubnão tem “as mínimas qualificações éticas, profissionais e morais para ocupar o posto na 15ª diretoria executiva do Banco Mundial”. O histórico de 14 meses no Ministério da Educação revelouincapacidade de entender questões sociais, incompetência gerencial e fascínio por criar conflito. 

Nas redes sociais, Weintraub já se despede: “Aviso à tigrada e aos gatos angorás (gov bem docinho). Estou saindo do Brasil o mais rápido possível (poucos dias). NÃO QUERO BRIGAR! Quero ficar quieto, me deixem em paz, porém, não me provoquem.”

Imagem destaque: Obra do artista chinês Yue Minjun

Silvio Reis, jornalista brasileiro

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.