Home Opinião Mas alguém vai acreditar num António Costa assim Silva?

Mas alguém vai acreditar num António Costa assim Silva?

por Joffre Justino

Ao  “Público”, a 14 de fevereiro de 2018, António Costa Silva então presidente da Partex declarou que a empresa decidira deixar de investir em Portugal e que não iria contestar a rescisão dos contratos com o Governo para a exploração e prospeção de petróleo.

Dois anos depois surge Antonio Costa, o com Silva,  como guru de Antonio Costa, o PM, sem Silva,  que não se entende como se relacionam político, programaticamente, um  com o outro! 

Em 2018 o presidente da Partex disse, “Nós, pura e simplesmente, decidimos não investir mais em Portugalnão vale a pena. Apostámos no projeto do Algarve porque existia um Governo em que o ministro Álvaro Santos Pereira, que foi muito criticado, tinha a preocupação de desenvolver os recursos naturais e percebeu que o país precisava de uma onda de reindustrialização e que isso criaria riqueza e emprego“, sublinhou Costa Silva, na referida entrevista enganando tudo e todos pois petróleo no Algarve significaria  não mais emprego, mas sim no confronto com o Turismo, uma perda brutal de postos de trabalho.

Para o então somente presidente da Partex, o Algarvio projeto era “plausível e executável”, tendo sido feitas campanhas sísmicas. 

E ofensivamente  tornou clara a sua visão face à politica socialista “Quando mudou o Governo, passámos para o ciclo oposto, que é governar em função do que dizem os autarcas e a opinião pública, sem haver uma visão clara da importância que o projecto Algarve poderia ter” e dizia mais na sua fé passospórtista “uma política que hostiliza as empresas e o lucro não cria condições amigas do investimento e do desenvolvimento do país”, enfim tudo o que já a realidade contradizia…

Que raio! Para quê este Antonio Costa 2 da Silva

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.