Home Economia A Economia finalmente assume a Incerteza

A Economia finalmente assume a Incerteza

por Joffre Justino

O Governo irá enviar o Programa de Estabilidade à Comissão Europeia apenas em maio, e sem projeções macroeconómicas, algo finalmente sério, de acordo com uma nota do Ministério das Finanças enviada esta quarta-feira, 29.04

“O Governo transmitiu hoje à Comissão Europeia que é sua intenção remeter o Programa de Estabilidade àquela instituição durante o mês de maio, após a sua apresentação à Assembleia da República, nos termos da legislação nacional”, segundo um comunicado enviada pelo gabinete de Mário Centeno.

As Finanças aceitam finalmente que “pela incerteza económica causada pela situação de pandemia, cujas duração, magnitude e impacto são ainda desconhecidas, o que impossibilita a produção de projeções credíveis, o Programa de Estabilidade não incluirá qualquer cenário macroeconómico para 2020, contendo apenas a quantificação das medidas extraordinárias adotadas”.

E diz este ministério ( já aprenderam algo), “a identificação e quantificação dessas medidas constitui neste momento a ferramenta mais útil para a coordenação de políticas entre Estados-membros”.

O executivo adianta também que pretende apresentar um cenário macroeconómico e orçamental “até ao final do semestre” deste ano no regresso ao triste absurdo 

“O Governo português demonstra ainda a sua total disponibilidade para participar em qualquer discussão técnica e para contribuir com toda a informação que possa ser relevante”, conclui o comunicado  do gabinete ministerial.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.