Home Activismo O 25 de abril em várias perspetivas – III

O 25 de abril em várias perspetivas – III

por Carlos Guinote

Mensagem de Carlos Guinote, antigo dirigente do Sindicato dos Químicos do Centro

Prezado amigo Joffre,

como coordenador do Sindicato dos Químicos, eu, e o resto dos dirigentes do Sindicato, viviamos um tempo de grande preocupação, nas semanas anteriores ao 25 de abril.

Após a prisão de António Peres Metelo, economista do Sindicato a 7 de Abril de 73 e de mais dois funcionários a 01 de Maio do mesmo ano, a PIDE continuou o ataque ao Sindicato, prendendo, nos meses seguintes, mais 5 colaboradores.

Recompusemos o corpo técnico recrutando o Ferro Rodrigues, actual Presidente da Assembleia da República, e o Augusto Mateus, ex Ministro da economia.

O ataque ao Sindicato continuou com análise às contas, por parte da ditadura, altura em que, eu próprio, decidi a tomada de uma posição de força, com a publicação de uma circular denunciando a contradição entre o que o Marcelo Caetano dizia na televisão, e o a actuação da PIDE.

A capa da circular, que publico, enfureceu a PIDE e, nas semanas anteriores ao 25 de abril, estavam todos os dirigentes do Sindicato sujeitos a interrogatórios, com a PIDE a querer saber do autor daquela capa da circular.

O 25 de abril salvou-me, a mim em primeiro lugar, da prisão certa.

Era o que eu pensava,

devido ao meu compromisso político e actuação pública, que a PIDE não desconhecia.

Carlos Guinote

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.