Home Brasil Redes Sociais condenam Bolsonaro

Redes Sociais condenam Bolsonaro

por Editor

Nunca em tempo algum algo do género aconteceu, 3 redes sociais, Facebook, Instagram e Twitter retiram conteúdos online publicados por um presidente da república de uma grande nação.

O grave da situação ao contrário do que possa parecer, não tem que ver com a ação em si, mas sim, o significado do mesmo. Ou seja, empresas da sociedade civil insurgem-se e decidem condenar uma ação e um comportamento ético que, socialmente já era condenável por uma vasta maioria de cidadãos brasileiros e de outros quadrantes do mundo.

Bolsonaro deveria não só ser sancionado como foi pelas referidas Redes Sociais, como também levado a um tribunal pelas instituições do seu país, por tentativa de genocídio do povo brasileiro.

O que está em causa é muito mais grave e importa seriamente refletir. Até que ponto uma sociedade democrática pode aceitar a ditadura de um presidente que poderá estar a padecer de um grave e sério problema mental.

Infelizmente, se tal se tal se vier a comprovar, este presidente de uma grande nação chamada Brasil, terá num futuro próximo um lugar cativo num hospício e não numa prisão como seria expectável.

“A pior cegueira é a mental, que faz com que não reconheçamos o que temos pela frente.

José Saramago

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.