Home Brasil SOCORRO!

SOCORRO!

por Maristela Heck

“Moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza…” diz a canção de Jorge Bem Jor.

O Brasil é um país grandioso, continental, rico em cultura e recursos naturais e lindo, lindo por natureza. Tudo poderia estar bem se não estivesse mal. Caso o fascismo genocida não nos açoitasse com sua sanha assassina.

O mundo vive a tragédia do COVID-19 e os governantes adotam medidas de proteção e cuidado em relação ao contágio e  com os doentes, aqui na “terra brasilis”, território entregue a uma família de milicianos com fortes indícios de envolvimento direto na morte de Marielle Franco, o antipresidente (expressão adotada por Eliane Brum, jornalista e colunista do Jornal El Pais) em cadeia nacional há poucos minutos desprestigiou as autoridades estaduais e municipais afirmando e conclamando o povo a voltar a “normalidade”, abandonando o confinamento, procedimento este adotado em todos os paises, sob o argumento “de que há um clima de histeria que objetiva derrotar economicamente o país”.

O COVID-19, segundo o fascista antipresidente não passa de uma “gripezinha ou um resfriadozinho”. “Voltem às suas atividades!!! Abram as escolas!!! Retornem ao trabalho!!!” “A imprensa alarmista e inconsequente não pode comparar o Brasil com a Itália. Lá há uma população de velhos com um clima totalmente diferente do nosso. ”

“Morrerão somente os que não estiverem sãos. ”

O que se faz neste momento em nosso país é aproveitar-se do COVID-19 para executar de forma rápida, segura e eficaz o extermínio de pobres, velhos e desempregados. Eliminar os indesejáveis e os improdutivos economicamente. Eugenia é o nome dado a esta prática. “É assim mesmo”. (Kurt Vonnegut in Matadouro Cinco).

Ontem o antipresidente Bolsonaro editou Medida Provisória suspendendo contratos de trabalho e salários por 4 meses, não fosse a pressão de lideranças sindicais e dos movimentos sociais e de alguns homens e mulheres com alguma sensibilidade social no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal, a medida hoje estaria vigendo, impondo mais fome à população.

O Brasil pede socorro, se não houver mobilização internacional denunciando o antipresidente Bolsonaro por crimes contra a humanidade, devendo ser julgado por Corte Internacional, haverá no Brasil mais de 1 milhão de mortes decorrentes da ação intencional de matar os economicamente improdutivos pelo contágio do Corona vírus.

Agora são 22:25 horas do dia 24 de março e enquanto escrevo olho pela janela do meu quarto e vejo em torno de 10 moradores de rua passando a noite embaixo da marquise do Tribunal de Justiça do Estado.

SOCORRO!!!

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.