Home Cérebro e mente O Elo Mais Forte da Liderança: A CONFIANÇA

O Elo Mais Forte da Liderança: A CONFIANÇA

por Editor

Em tempos de crise mais facilmente sobressaem as lacunas e as debilidades dos líderes do que as suas características mais positivas.

E isto acontece porque o ser humano , numa situação de perigo procura de imediato sinais de perigo que lhe garanta a sobrevivência. Quaisquer que sejam os sinais negativos, acabam por se revelar mais do que os sinais positivos.

É por isso que os líderes mais bem preparados, assumem-se e os que estão menos preparados a capacitados tentam passar despercebidos no meio das incertezas e do caos que se vai gerando na cabeça de cada colaborador seu e na sua própria cabeça.

O assumir da liderança tem muito que ver com os sinais invisíveis que os líderes transmitem, mesmo quando em silêncio, pois até isso se considera um instrumento de comunicação quando utilizado com conta, peso e na medida certa.

Compreender como funciona o cérebro e a mente humana, ajudará bastante nesta tarefa crítica que o líder tem de empreender num momento de grandes incertezas e de tensão acrescida.

Ajuda-lo-á saber como comunicar, quando comunicar e o que comunicar de acordo com os conhecimentos mais atuais da neurociência aplicada.

Importa sobretudo, mais do que se imagina, a capacidade de dominar o medo, a capacidade de manter a serenidade e o sangue frio e a capacidade de reagir imediatamente de forma resiliente, promovendo e fortalecendo o espírito de grupo das equipas de trabalho e prepará-las para um novo contexto. E porque deve fazê-lo de forma consciente?

Porque os olhos dos seus colaboradores estão continuamente à procura desses sinais invisíveis que sirvam para os tranquilizar ou para os desestabilizar, comprometendo ainda mais o desempenho da sua organização.

Daí que a sua resposta e o seu comportamento deva ter sempre em consideração o elo mais forte de qualquer liderança: A CONFIANÇA!

Numa Família, numa Equipa e numa Organização, a CONFIANÇA deve ser a palavra de ordem e cabe aos líderes promover essa atitude, mesmo perante as maiores incertezas.

“It takes 20 years to build a reputation and five minutes to

ruin it.” 

– Warren Buffett

Quando se transmite confiança, desenvolvemos em simultâneo uma conexão emocional forte que estimula uma atitude mais compreensiva e cooperante. Porque o colaborador, mais do que aquilo que ouve, observa atentamente, e absorve em simultâneo, devolvendo os mesmos sinais emitidos pelos seus líderes.

Comportamento gera comportamento, tal como um líder fraco promove o descrédito e um líder forte promove a confiança.

Já reparou que os militares depositam total confiança nos seus superiores hierárquicos? Porque será?

HJ

0 comentário
1

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.