Home Opinião Covid-19 , 33?mortes, evolução do crescimento menor e o erro do PSD , a 24.03

Covid-19 , 33?mortes, evolução do crescimento menor e o erro do PSD , a 24.03

por Joffre Justino

O boletim da Direção Geral de Saúde, DGS, regista 2.362 pessoas infetadas pelo novo coronavírus (mais 302, mas menos 158 que ontem) com 2.159 que estão a recuperar em casa e só 203 estão internadas, mais dois, 48 das quais em Unidades de Cuidados Intensivos, mais uma pessoa.

Portugal sofreu já neste combate contra este inimigo invisível 30 mortes, mais 7 pessoas que ontem, associados ao Covid-19, segundo o boletim hoje divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo os dados da DGS, os Açores registaram a primeira morte associada à Covid-19.

Os dados da DGS indicam que estão confirmadas nove mortes na região Norte, 11 na região Centro, oito na região de Lisboa e Vale do Tejo e uma no Algarve, revela ainda o boletim epidemiológico diário.

Desde 01 de janeiro foram registados 15.474 casos suspeitos, dos quais 1.783 aguardam resultado laboratorial. Houve ainda 11.329 casos em que os testes não confirmaram a infeção e 22 doentes que já recuperaram.

Acentuamos no Estrategizando o como em Angola o líder da UNITA separou a luta partidária da guerra contra o Covid-19 e lamentamos que por cá se alimente a luta partidária acima da unidade contra a guerra ao Covid-19 como vimos infeliz e inesperadamente nas declarações de hoje de Rui Rio.

Na verdade Rui Rio esqueceu-se de dizer as experiências europeias mostram o resultado sanitário e económico do laissez passer  feitas na Alemanha, na Itália, nas Espanhas, nos EUA e no Brasil que evidencia o como deixar crescer a curva dos infetados só matou gente e em nada salvou a economia bem pelo contrario 

Soluções? Sigam o PROVAR! Há que ser Solidario, travar a curva e atender à economia solidária!

Tivesse a UE sido capaz como deveria de se antecipar e prospetivar qualitativamente não deixando crescer a curva de infetados, o cenário ter-se-ia poupado a Itália, as Espanhas, a França, a Alemanha ou o Reino Unido, os EUA e o Brasil! 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.