Home Imprensa Vale ler este extrato de um artigo que recebi do Vitor

Vale ler este extrato de um artigo que recebi do Vitor

por Joffre Justino

Não lhe perguntei se o podia usar por isso trato-o assim de amigo e Vitor e deixo-vos este extrato do Newyorker

https://www.newyorker.com/

How Pandemics Change History

isaac_chotiner.png

By Isaac Chotiner

March 3, 2020

Quero começar com uma grande pergunta, que é: Quais são, de maneira geral, as principais maneiras pelas quais as epidemias moldaram o mundo moderno?

Uma maneira de abordar tal é examinar como me interessei pelo tópico, … Epidemias são uma categoria de doença que permite ver os seres humanos ao espelho o como realmente somos. 

Ou seja, tem tudo a ver com o nosso relacionamento com a mortalidade, com a morte e com a vida e reflete ainda o nosso relacionamento com o meio ambiente – o ambiente construído que criamos e o ambiente natural que responde. 

E reflete ainda sobre que relações morais temos como pessoas, e hoje.

Essa é uma das grandes mensagens que a Organização Mundial da Saúde continua a querer debater.

A principal parte da preparação para enfrentar estes eventos é que precisamos, como seres humanos, de perceber que estamos todos juntos nesse enfrentar, e o que o que afeta uma pessoa em qualquer lugar afeta a todos seja onde fôr, que somos, portanto, inevitavelmente parte de uma espécie, e precisamos pensar dessa maneira, e não sobre divisões de raça e etnia, status econômico e tudo o mais.

… achei que essa era uma questão que levanta questões filosóficas, religiosas e morais realmente profundas. 

E acho que as epidemias moldaram a história em parte porque levaram os seres humanos inevitavelmente a pensar nessas grandes questões. 

A eclosão da praga, por exemplo, levantou toda a questão do relacionamento do homem com Deus. 

Como é que um evento desse tipo pode ocorrer apesar de uma divindade sábia, onisciente e onisciente? 

Quem permitiria que crianças fossem torturadas, angustiadas, em grande número? 

( As epidemias)tiveram um efeito enorme na economia. A peste bubônica matou metade da população de continentes completos e, portanto, teve um tremendo efeito sobre a vinda da revolução industrial, sobre a escravidão e a servidão. 

As epidemias também, como estamos vendo agora, têm tremendos efeitos na estabilidade social e política. Eles determinaram os resultados das guerras e, provavelmente, também fazem parte do início das guerras. 

Então, acho que podemos dizer que não existe uma área importante da vida humana que as doenças epidêmicas não tenham afetado profundamente.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.