Home Opinião Bolsonaro desmonta programa de Saúde de Lula

Bolsonaro desmonta programa de Saúde de Lula

por Silvio Reis

Criado na segunda gestão do ex-presidente Lula, em 2008, o Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica, NASF, foi definitivamente extinto pelo governo Bolsonaro em 2019. A medida passou a vigorar em janeiro deste ano.

O NASF, também conhecido como programa Previne Brasil, ampliou o quadro de profissionais na Saúde, com a participação de assistentes sociais, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos, entre outros. Esta equipe complementar trabalhava em parceira com médicos e enfermeiros para resolver e prevenir problemas na saúde pública.

A prevenção era um dos métodos utilizados. Nutricionistas direcionavam pacientes para uma alimentação mais saudável, evitando assim doenças decorrentes de causas alimentares. Tratamentos psicólogos conseguiram reduzir a quantidade de medicamentos e melhoraram na qualidade de vida da população. Dessa forma, Estados e municípios tiveram despesas reduzidas.

Em 27.01, o responsável no governo pelo Departamento de Saúde da Família da Secretaria de Atenção Primária, Otavio Pereira D´Ávila, lançou um documento que desobriga governadores e prefeitos em relação ao NASF e outro modelo semelhante. A nova medida permite a demissão da equipe multidisciplinar do Previne Brasil. Estados e municípios terão menos despesas com pagamento de servidores, mas os custos na área Saúde vão aumentar.

Silvio Reis, jornalista brasileiro

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.