Home Opinião António, o Santo Popular

António, o Santo Popular

por Joffre Justino

Sendo afilhado de Santo António é por isso o único santo que respeito, até porque era franciscano e à época de respeitar tal opção quase então revolucionária.

Daí que a exposição “De Fernão se fez António” que vai ser inaugurada no domingo, na Antiga Livraria do Mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra, onde é abordado o percurso de Santo António a partir de 40 peças de diferentes coleções, merece divulgação no ESTRATEGIZANDO.

Inserida nas comemorações do Jubileu dos Mártires de Marrocos e de Santo António, vai estar cerca de um ano, até 17 de janeiro de 2021, o último dia do Jubileu, informou hoje o Museu Nacional Machado de Castro (MNMC), uma das entidades responsáveis pela iniciativa, a par da comissão do jubileu e do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), relevando o como o Estado em Portugal é infelizmente bem pouco Laico nas alianças que faz!

A exposição de cerca de 40 peças “de diferentes tipologias, coleções de museus nacionais e privados de todo o país e de particulares da região Centro”, centrar-se-á na figura de Santo António e estará dividida em quatro núcleos, que abordam a juventude e formação de Santo António em São Vicente de Fora (Lisboa) e em Santa Cruz (Coimbra), o momento em que “assume a sua missão e testemunho do martírio”, retratando também “a sua universalidade, através do culto por diferentes povos e com formas diversas de expressão”.

As exposições reunirão pintura, iluminura, escultura, peças de ourivesaria, cerâmica, militares, tesouros monetários, têxteis, marfins, que permitirão perceber vivências da época.

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.