Home Direitos da Mulher Isto das prisões …O estabelecimento prisional feminino de santa cruz do bispo

Isto das prisões …O estabelecimento prisional feminino de santa cruz do bispo

por Antonio Sousa

Num tempo em que as prisões sao um verdadeiro desperdício humano e financeiro surge esta noticia do  Estabelecimento Prisional Feminino, EPF, de Santa Cruz do Bispo, em Matosinhos.

Com todos os controlos possíveis electrónicos na casa dos próprios ficamos  a saber que a 31.12..2019  estava com 298 reclusas, mais 107 do que em 2005, quando iniciou e menos 56 do que em 2017, segundo a Lusa

Em 2005 eram 68,87% (122 em 191) as reclusas com uma ocupação laboral, percentagem que subiu para 72,36% em 2017 e para 78,62% em 2019 tendo-se realizado 28 cursos de formação profissional ate 2018 que que qualificaram 422 reclusas.

Neste EPFde Santa Cruz do Bispo e no final de 2019 encontravam-se com as mães reclusas 10 crianças com idade até cinco anos, um decréscimo face a 2005 (estavam então 12 crianças) e 2014 (17) sendo que  toda a população prisional tem assistência por parte dos serviços clínicos desde o momento da admissão, com a consulta de admissão de enfermagem, até às 24 horas após entrada, e com consulta de admissão de clínica geral, até às 72 horas após entrada havendo em média por reclusa 20 consultas médicas por ano.

Só não se entende esta teimosia em chamar publico / privado a um modelo de gestão privada e financiamento publico e menos ainda a razão da existência de estabelecimentos prisionais substituíveis por prisão domiciliaria sob controlo electrónico pois não ha quem não saiba que a prisão é uma escola do crime 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.