Home Artes Honrar Carlos do Carmo

Honrar Carlos do Carmo

por Joffre Justino

O fadista Carlos do Carmo recebeu no sábado a chave da cidade de Lisboa, pela acertada mão de quem já foi presidente da câmara, Antonio Costa, equiparando-o merecidamente com uma honra dada habitualmente aos chefes de Estado que visitam Portugal, aos mesmos ele que é o lider do Estado do Fado!

Carlos do Carmo recebeu a chave da sua cidade no final do espetáculo com que, no sábado, disse adeus aos palcos, no Coliseu dos Recreios de Lisboa contando no palco com o socialista Fernando Medina, mas também o primeiro-ministro, António Costa, que ele apoiou nas candidaturas para a CMLisboa e a ministra da Cultura, Graça Fonseca.

Não falhando uma ( exceto a promessa ao neto) assistiu claro o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa numa daquelas prongadissimas campanhas que nos impinge periodicamente.

António Costa, usando da palavra, enfatizou que a entrega da medalha de mérito cultural, também feita no sábado ao fadista, demonstra “a confiança pelo muito que poderá fazer pela música e cultura portuguesas”.

Coube também ao primeiro-ministro chamar ao palco a mulher de Carlos do Carmo, sua companheira há 55 anos.

O Coliseu dos Recreios esteve esgotado, no sábado à noite, para aplaudir de pé o fadista de 80 anos, e cerca de 60 de carreira, que em palco fez uma retrospetiva da carreira.

O espetáculo abriu com “Vim para o fado”, passou em revista poetas, músicos, muitos amigos e os prémios que recebeu e encerrou com um ‘encore’ de “Lisboa menina e moça”, aplaudido de pé.

NL // LFS

Lusa/ Estrategizando/Joffre Justino 

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.