Home Brasil Presidente português recusou receber a líder índia Guajajara que foi candidata a vice presidente nas últimas Presidenciais Brasileiras

Presidente português recusou receber a líder índia Guajajara que foi candidata a vice presidente nas últimas Presidenciais Brasileiras

por Joffre Justino

Segundo o Bahia Notícias a atriz de ‘Na Corda Bamba’, novela que agora se exibe em Portugal, a atriz Lucélia Santos, esforçou-se para  que acontecesse um encontro entre o presidente do país, Marcelo Rebelo de Sousa, e a líder indígena brasileira Sônia Guajajara e não teve sucesso.

Na Folha de Sao Paulo na coluna de Mônica Bergamo, Lucélia conta que o governo português informou que, “apesar de Marcelo ter empatia pela causa”, ele não quer entrar num confronto diplomático com o presidente Jair Bolsonaro … e a jornalista engoliu, por mau conhecimento da personagem em causa!

O problema não está, nunca esteve no amigo de MRSousa, o fascista Bolsonaro, para que ele não recebesse a líder Guajajara , o problema está no reacionarismo do próprio MRSousa acompanhado nesse campo por alguns dos seus assessores que têm MRSousa e eles, uma visão pró branco/mulato e anti negro /anti índio, a mesma visão que ligou MRSousa ( até na sua campanha eleitoral onde se calou perante as prisões de Luaty Beirão e os seus companheiros) ao MPLA contra a UNITA, ainda presidente do PSD, bem ao arrepio da tradição Sácarneirista no PSD!

Esta visão,  agora limitadamente derrotada com Joao Lourenço em Angola,  o que entala o CDS de Passos e Portas, todo o atual PSD, o PS quase todo e o PCP quase todo, está no poder no Brasil com o Bolsonaro e daí o apoio, silencioso porque o contrario seria demais, de MRSousa!  

Guajajara posicionada com Boulos e não PT, foi candidata à vice-Presidência da República na lista do membro de Guilherme Boulos, membro do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, MTST, o que sendo não PT até “daria jeito” a MRSousa… mas lá está o seu cultural reacionarismo a travá-lo!  

Guajajara está a realizar um tour politico  pela Europa anti Bolsonaro e na terça-feira, 5, a líder apresentou até um manifesto pela preservação da Amazónia no Parlamento português e na Fundação Saramago, sendo que aliados a Bolsonaro  estão ainda os diplomatas e não poucos dos jornalistas lusos!   

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.