Home Opinião Entre claques, ordens e seitas, cumprimentamos Frederico Varandas

Entre claques, ordens e seitas, cumprimentamos Frederico Varandas

por Joffre Justino

Aqui no Estrategizando temos no que ao luso futebol diz respeito temos sportinguistas  ( em maioria) e portistas mas não é por tal que escrevemos esta noticia sobre as claques do Sporting.

É com alegria que cumprimentamos um clube de futebol profissional que se atreve corajosamente a rescindir todos os protocolos com duas claque : a Juventude Leonina e o Directivo Ultra.

Gostamos em especial da declaração de princípios patente no comunicado da direção de Frederico Varandas que parcelarmente reproduzimos segundo o qual a direção do Sporting Club de Portugal “… não pode compactuar com comportamentos violentos contrários à lei e que apenas contribuem para o afastamento dos restantes sócios e adeptos dos recintos desportivos “.

Estranhamos bastante diga-se que os responsáveis pelo Desportos, no governo ou nas estruturas inter associativas não tenham ja tomado uma atitude de defesa do Desporto como um motivador da Civilidade, da Paz e Tolerância entre Pessoas e não tenham começado a exigir que os clubes profissionais ponham fim a estas seitas 

Seitas que têm vindo a reproduzir-se até nos meios profissionais com o surgimento de “ordens” medievalistas que a torto e a direito mas sempre “pela Direita” têm gerado conflitos sócio profissionais, crises em áreas essenciais para o país como a saúde em lógica de inaceitáveis lobbies que têm de, em democracia, serem postos realmente na Ordem! 

Força pois Frederico Varandas, cumprimentos pela coragem que esperamos que as instâncias certas dêem continuidade nos clubes, nas ordens, em todas as seitas de onde tende a renascer o fascismo ! 

Joffre Justino

0 comentário
0

RECOMENDAMOS

Comente

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e gestão de seus dados por este site.